22 novembro 2018

[News] Trailer oficial de Tidelands - série original australiana da Netflix com Marco Pigossi

Conheça o mundo sobrenatural e excitante de Tidelands, a primeira série original australiana da Netflix. Com oito episódios, a realização é da Hoodlum, produtora vencedora do Emmy™ e BAFTA™.

Tidelands conta a história de Cal McTeer, interpretada por Charlotte Best (Home & Away, Puberty Blues), uma jovem que volta para casa, na pequena vila de pescadores Orphelin Bay, após dez anos em centros de detenção juvenil e na cadeia.

Mas Orphelin Bay está rodeada de mistérios. Confira o trailer oficial:

Quando o corpo de um pescador local é encontrado na praia, a relação clandestina da cidade com contrabando de drogas se torna pública. Cal busca desvendar os segredos da cidade enquanto investiga uma comunidade marginalizada que vive em um local afastado da baía: um grupo de seres sensuais e perigosos metade sereia e metade humanos, os 'Tidelanders'. Elsa Pataky (Velozes e Furiosos) dá vida à intrigante e fascinante Adrielle Cuthbert, líder dos Tidelanders, que está disposta a tudo para proteger sua tribo.​

No elenco de Tidelands, ainda estão os australianos Aaron Jakubenko (Spartacus: A Guerra dos Condenados), como Augie, o irmão desorientado e taciturno de Cal, e Peter O'Brien (X-Men Origens: Wolverine), o fiel marinheiro de Augie.

O ator brasileiro Marco Pigossi (Caras e Bocas) faz sua estreia atuando em produções estrageiras no papel de Dylan. O ator neozelandês Mattias Inwood (Will) está no papel de um comandante da polícia que também possui um segredo a ser investigado com Cal. Os atores australianos Madeleine Madden (Mystery Road), Caroline Brazier (Rake) e Dalip Sondhi (Secret City) também fazem parte da série.

Os produtores executivos Tracey Robertson e Nathan Mayfield são os responsáveis pela popular série australiana Secret & Lies, assim como a sua versão americana, além deHarrow. Tidelands foi escrita por Stephen M. Irwin (Secrets & Lies) e Leigh McGrath.

Tidelands foi toda filmada em Queensland e recebeu apoio do governo local por meio da Screen Queensland.


Por Leonardo Alves

Nenhum comentário

Postar um comentário