12 março 2018

[Crítica] Logan Lucky na Netflix

Sinopse:
Durante uma corrida de automóveis da NASCAR, o maior campeonato de stock car dos Estados Unidos, os irmãos Jimmy Logan e Clyde tentam realizar um ambicioso assalto. Para tanto, eles precisam da ajuda de Joe Bang, especialista em explosivos, que está preso. Com isso, os irmãos Logan elaboram um plano para que Joe deixe a prisão sem ser notado, de forma que possa realizar o trabalho.


O que eu achei?
Curte ação? Curte filmes de roubo? Adora uma história bem feita sem furos?
Logan lucky é o filme.
O filme conta a história dos irmãos Lucky e como suas vidas estão completamente ferradas.

Jimmy Logan (Channing Tatum) era um jovem com um futuro promissor no futebol americano, o grande herói da cidadezinha, só que ele sofreu uma contusão no joelho que deixa sequelas e o futuro brilhante desaparece deixando ele divorciado, prestes a perder a guarda compartilhada da filha, desempregado e cheio de dívidas.

Clyde Logan (Adam Driver ) sempre ficou à sombra de seu irmão e por isso decidiu se alistar no exército americano, e no caminho do aeroporto para retornar ao lar ele foi ferido por uma mina e perdeu seu braço. Clyde acredita que os infortúnios de sua família se devem a maldição dos Logan.
Jimmy desesperado para resolver os problemas que assolam sua família decide realizar um roubo com a ajuda de seu irmão ao cofre do autódromo onde Jimmy trabalhava, só que o cofre é extremamente seguro e de difícil acesso, Clyde então se lembre de Joe Bang (Daniel Craig) um notório assaltante que se encontra preso no presídio local.

Jimmy e Clyde elaboram o plano de roubo e o único problema é como tirar Joe do presídio?
Particularmente eu não gosto de filmes de ação, e confesso que só fui assistir por causa do elenco (tenho um crush em todos os membros) mas me encantei pelo enredo do filme e como a trama é executada. Com uma sutil referência a outros filmes do gênero (11 homens e um segredo) a trama te prende do começo ao fim. Você entra no ritmo dos irmãos Logan e começa a planejar com eles e se pega pensando em tudo que pode dar errado.

As piadas, a música e a forma como as atuações são dinâmicas e envolventes transformaram esse filme em um dos meus queridinhos do catálogo da netflix. Também preciso falar das semelhanças com o filme Baby Driver (do mesmo ano) e se você assistiu o Baby e gostou deve ver Logan Lucky já!
Tudo na medida, com um final divertido e uma possível brecha 
para uma continuação (que precisa muito acontecer).

Escrito por Jaqueline Ribeiro

Nenhum comentário

Postar um comentário