Novidades

[News] Projeto Paradiso divulga vencedora do Prêmio Diadorim



O Projeto Paradiso, iniciativa de apoio aos talentos do audiovisual brasileiro, atribui o Prêmio Diadorim, realizado em parceria com as Mulheres do Audiovisual Brasil e a Imprensa Mahon. Ana Julia Travia, selecionada entre 77 candidatas, recebe bolsa para Curso Intensivo de Verão do Programa de Mestrado em Roteiro de TV da Universidade de Stony Brook, dentro da Conferência de Escritores de Southampton, de 10 a 21 de julho de 2019.
A vencedora do prêmio, destinado a mulheres, ficou conhecida na quarta-feira (24.04), durante o Rio2C. No momento também foi realizada, na escadaria principal do evento, a foto das mulheres #juntaspeloaudiovisual, em um movimento de apoio às mulheres do audiovisual nacional.

“O Projeto Paradiso apoia os talentos – mulheres e homens – do audiovisual brasileiro. E diante de dados como o que evidencia que somente 15,6% dos filmes brasileiros que estrearam em 2017 foram dirigidos exclusivamente por mulheres, número presente no Anuário Estatístico do Cinema Brasileiro, divulgado pela Ancine em 2018, criamos o Prêmio Diadorim. Assim, ao lado das Mulheres do Audiovisual Brasil e da Imprensa Mahon, chamamos atenção para a necessidade de mudar os números e entregamos a bolsa, que garante a presença de uma brasileira no Curso Intensivo de Verão do Mestrado em Roteiro de TV da Universidade de Stony Brook, um dos mais reconhecidos do mundo”, afirma Josephine Bourgois, diretora executiva do Instituto Olga Rabinovich, mantenedor do Projeto Paradiso.

O processo de seleção foi realizado em parceria com a rede Mulheres do Audiovisual Brasil e com a Imprensa Mahon, por meio de uma comissão formada pela roteirista e script-doctor Julia Priolli (“Impuros”); pela roteirista Letícia Bulhões Padilha ("O Diário de Mika"); a artista audiovisual, professora, pesquisadora, produtora e diretora de TV e cinema Lyara Oliveira; a produtora Monica Sufar (“Two Deaths of Henry Baker”) e a cineasta Viviane Ferreira (“Um dia com Jerusa”). As seis finalistas foram: Ana Júlia Travia (vencedora), Carol Garcia, Clessia Regina, Diana Moro, Marina Pereira e Renata Sofia.

“Ficamos felizes em ser parceiras de um projeto que busca conectar as profissionais brasileiras com formações profissionais de excelência no exterior, para depois elas se tornarem multiplicadoras ao voltar no Brasil. A ideia é que na volta Ana Júlia divida com todas nós um pouco do que aprendeu, quando termos encontros presenciais e ainda um vídeo na Imprensa Mahon, que tem como razão de ser o acesso a informação e capacitação de forma gratuita”, afirma Krishna Mahon, do Imprensa Mahon.

 A bolsa oferecida pelo Projeto Paradiso cobre a matrícula (US$ 2.000), deslocamento aéreo (até US$ 1.000) e ajuda de custo (US$ 1.300).
O Curso - Situado no coração de Manhattan e criado em parceria com a famosa produtora de filmes independentes Killer Films (Boys don´t Cry, Carol, I´m Not Here), o MFA da Universidade de Stony Brook promove uma formação de ponta para roteiristas e diretores do mundo inteiro.
O Departamento de Roteiros para TV está sob a direção de Alan Kingsberg, que também atua como coordenador e professor do Curso de Verão. Ele foi responsável pela criação do currículo de Roteiros de TV da Universidade de Columbia (NYC), onde lecionou por 17 anos. Escreveu roteiros para inúmeros seriados, inclusive o legendário Law and Order e foi showrunner de cinco séries de animação.
Os participantes do Curso Intensivo de Verão são incentivados a criar um conceito de obra seriada que se sustenta pelo seu apelo emocional, mas também pela força da sua engenharia narrativa. Durante os 12 dias de workshop os alunos criam as histórias para o episódio piloto e desenvolvem as cenas e os diálogos. O método de trabalho é colaborativo e visa emular a prática profissional das salas de roteiro, além de oferecer mentorias individuais assim como aulas baseadas na visualização e análise técnica de uma variedade de seriados.
A logo do prêmio foi criada por Thalita Barbosa. 
A vencedora – Ana Julia Travia se formou em Audiovisual na Escola de Comunicações e Artes da USP em setembro de 2016. Em agosto de 2017, foi selecionada com o projeto "SAMPLE", para participar do laboratório de desenvolvimento de roteiros do Kinoforum junto com o canal TNT e o LABex argentina. No final do mesmo ano, conquistou o edital da cultura inglesa para a produção do curta e foi selecionada com um segundo projeto de curta-metragem, "Cartas de Amor" para os laboratórios: Oficina de Roteiro com Mulheres Negras e o Lab Negras Narrativas. Em abril de 2018, Ana Julia foi uma das vencedoras da terceira temporada do NETLABTV, na categoria social vídeo, com o projeto "Minha Querida Vagina", que está em processo de reescrita para longa-metragem. Entre maio a dezembro de 2018, fez assistência de roteiro na série "Ninguém tá olhando", criada por Daniel Rezende e produzida pela Gullane que irá estrear no final 2019 na NETFLIX. E em outubro de 2018, co-roteirizou e co-dirigiu o videoclipe "O que se cala" da Elza Soares. Atualmente, Ana Julia trabalha com edição de vídeo para um jornal independente, chamado "Alma Preta", faz freelas com oficinas de audiovisual para jovens e crianças, integra o coletivo de artistas negros "Em Legítima Defesa" e trabalha no desenvolvimento dos seus roteiros.
Bolsas Paradiso Talentos do Audiovisual - O prêmio integra o Programa Bolsas Paradiso Talentos do Audiovisual, uma das iniciativas do Projeto Paradiso, que oferece bolsas com foco em formações de curta e média duração no exterior, concedidas por meio parcerias pré-estabelecidas. Incluem cursos, laboratórios, workshops e residências que visam, sobretudo, o aperfeiçoamento profissional de quem tem atuação no mercado.
A iniciativa cobre as taxas institucionais e o deslocamento de acordo com limites previstos em cada categoria. É garantida uma bolsa por iniciativa mediante aprovação do candidato brasileiro nos respectivos processos seletivos. A inscrição deve ser feita diretamente com a instituição parceira, local ou internacional, única responsável pela seleção.
Outras Bolsas Paradiso Talentos do Audiovisual com inscrições abertas:

O Projeto Paradiso possui outras duas bolsas com convocatórias abertas:

- Bolsa para a participação de um diretor/a roteirista ou roteirista na Pop Up Residency (Eslováquia)

- Bolsa para Maestria em Escrita Criativa de Roteiro Audiovisual na Escuela Internacional de Cine y TV (EICTV) de San Antonio de los Baños (Cuba)

 As inscrições devem ser sempre realizadas com os parceiros, mais informações no site www.projetoparadiso.org.br.

Outras oportunidades do Projeto Paradiso - Com foco na formação e capacitação profissional, o Projeto Paradiso atua por meio da doação de bolsas em duas áreas: roteiro/desenvolvimento e inteligência em audiências. As oportunidades são tanto para novos profissionais em busca de aceleração, quanto para os nomes com mais experiência que desejam renovar os olhares e ferramentas.

Entre as iniciativas do Projeto Paradiso ainda estão:

- Incubadora Paradiso de Roteiros: os projetos selecionados recebem uma bolsa no valor total de R$ 30.000 (R$ 5.000 mensal), além de mentorias, doctoring, consultorias em desenho de audiência, incentivos para a inserção no circuito internacional e outros apoios adequados às necessidades de cada projeto. A seleção dos participantes é feita pelos Laboratórios e Mercados parceiros do Projeto Paradiso. O BrLab, parceiro de seleção, está com inscrições abertas até

- cursos, workshops e seminários: O Projeto promove a construção coletiva de espaços de discussão e formação pautados pelas tendências do debate global e identifica metodologias relevantes para contribuir para o desenvolvimento da indústria audiovisual nacional. Entre as iniciativas estão o Workshop de Audience Design do Torino Film Lab e o Seminário internacional sobre construção de audiências, ambos organizados em parceria com o BrLab.



Nenhum comentário