11 abril 2017

[Review] The People vs O.J Simpson


O julgamento de O.J. Simpson. Ex-jogador de Futebol Americano, Orenthal James foi acusado em 1994 de assassinar a esposa, Nicole Brown, e o amigo Ronald Goldman. Contado através da perspectiva dos advogados que conduziram o caso, a série explorara os acordos feitos de maneira informal e as manobras políticas conduzidas por ambos os lados envolvidos.
O que eu achei?
A série é baseada em fatos reais, onde um dos mais idolatrados jogadores de futebol americano foi acusado de matar sua ex-mulher, onde posteriormente foi inocentado.

A série é focada durante o julgamento de O.J, conhecido como "O julgamento do século", conseguimos acompanhar os bastidores, a vida dos personagens envolvidos: advogados, amigos mais próximos e juiz.

As atuações são impecáveis do início ao fim, e juro que terminei o seriado achando que ele era culpado, mesmo após de ser inocentado. 

John Travolta está acima da média de suas atuações com caraterização incrível onde achei que o "enfeiaram" demais para se adequar ao papel. 

Cuba Gooding consegue transmitir todas as emoções de O.J, em algumas cenas eu meio que acreditava no personagem, ele exibia o lado cínico e dissimulado do personagem.
Destaque para os advogados, primeiramente para Sarah Paulson que deu vida a uma mulher moderna, recém separada que quase perdeu a guarda de seus filhos durante o julgamento. Sua atuação está impecável e quando seus olhos marejavam, os meus também!
Courtney B. Vance deu vida ao personagem Johnnie Cocrhan que tinha uma índole bastante variável, mas que com todas as forças defendeu seu cliente.
Mas o destaque ficou para Sterling K. Brown interpretou o promotor auxiliar Cristopher Darden, um negro com os nervos realmente à flor da pele, que não aceitava que O.J saísse sem responder por seus crimes.

Em suma, a série é baseada no livro O.J Simpson, traduzido pela Editora DarkSide no Brasil.

Infelizmente até hoje não encontraram o verdadeiro assassino, se realmente houve outro que não fosse O.J Simpon.

Confira os atores ao lado seus respectivos personagens:
Cuba Gooding Jr/ O.J Simpson
 Sarah Paulson/  Marcia Clark
 David Schwimmer/ Robert Kardashian
 Selma Blair/ Kris Jenner
 John Travolta/ Robet Sapiro
Courtney B. Vance/ Johnnie Cocrhan

Para finalizar a série ganhou 6 Emmy em 2016, nas seguintes categorias: 

Melhor minissérie. Edição, Penteado, Mixagem de som em minisséries,
Ator de Minissérie ou Telefilme(Courtney B. Vance)e Ator Coadjuvante em Minissérie ou Telefilme (Sterling K. Brown).  

Trailer:

5 comentários

  1. Sarah Paulson arrasou completamente nesta série, um dos melhores papéis desta brilhante actriz que demorou a ser premiada, fez-se justiça com esta personagem. A série é espectacular, é incrível como este caso desenrolou-se e como alguém tão manipulativo e falso como O.J. Simpson, consegue ser inocentado, num processo onde as vítimas estavam em segundo plano.

    Bitaites de um Madeirense

    ResponderExcluir
  2. Oi Maisa
    Não conhecia a série mas pretendo assistir. Gosto bastante de filmes/séries de julgamentos baseados em fatos reais.
    Beijos

    ResponderExcluir
  3. Sou louca pra assistir essa série, parece ser muito interessante. E ainda tem o ator que fez o Ross em Friends *-* vou colocar na minha lista do Filmow pra não esquecer <3

    Beijos ♡
    misinwonderland.blogspot.com

    ResponderExcluir
  4. Maisa!
    Nossa! Não sabia que tinham feito uma série e fiquei bem interessada, porque parece perfeita.
    Tanto os atores escolhidos são bem parecidos com os protagonistas originais da história o O. J como devem ter feito uma interpretação fabulosa.
    Boa Páscoa!
    “A sabedoria começa na reflexão.” (Sócrates)
    cheirinhos
    Rudy
    http://rudynalva-alegriadevivereamaroquebom.blogspot.com.br/
    TOP COMENTARISTA ABRIL especial de aniversário, serão 6 ganhadores, não fique de fora!

    ResponderExcluir
  5. Não sabia sobre essa série e fiquei bastante interessada.
    Sempre achei que o O.J. Simpson,era o culpado.
    O acho dissimulado e debochado.

    E realmente os atores escolhidos são divinos.

    ResponderExcluir