12 abril 2017

[Resenha] A Rosa branca

No livro "A Joia", primeiro volume da série - A Cidade Solitária - Violet Lasting é comprada por uma das mulheres mais poderosas da realeza, a Duquesa do Lago, e vai viver com ela na Joia, o círculo onde mora toda a nobreza. Agora, Violet tem de fugir da Joia, do círculo nobre da Cidade Solitária para salvar a própria vida e a do seu amor, Ash. Junto com seu amado e Raven, sua melhor amiga, Violet tenta se libertar da terrível vida de servidão e crueldade. Só que ninguém disse que deixar a Joia seria fácil, e ela terá que passar por grandes obstáculos. No meio disso tudo, a jovem ainda descobre que há uma revolução sendo planejada contra a realeza e que seu papel nisso é fundamental. É hora de Violet descobrir que é muito mais poderosa do que sempre imaginou! A Rosa Branca é o segundo volume da trilogia "A Cidade Solitária" e traz novas e incríveis reviravoltas. Será impossível não ficar ansioso pelo último livro da saga.
O que eu achei? 

Depois de ser flagrada pela Duquesa do Lago na cama de seu grande amor Ash, Violet sofre as consequências e vê a sua única amiga no palácio ser assassinada pela própria Duquesa. Após ser espancada e isolada em seu quarto Violet consegue fugir do palácio, levando consigo Ash, tudo graças a improvável ajuda de Garnet.

O filho da Duquesa se revela um revolucionário, ou pelo menos, não é indiferente as atrocidades que acontecem na Jóia, e está disposto a mudar essa condição e a ajudar na fuga da Substituta de sua mãe. Ele leva Violet e Ash para o necrotério, onde estão os corpos de diversas Substitutas que serão posteriormente incinerados. Depois de esperarem por o que parece ser horas, finalmente o corpo de Raven chega ao mesmo destino. Mas ela não está morta, só tomou o soro que Lucien tinha entregado a Violet e que disfarça uma suposta morte mas, que auxilia na retirada dela para um local seguro.

Depois de trocarem de roupa para uma menos chamativa, Violet, Ash e Raven são levados para a sala do incinerador e lá as duas Substitutas, juntas, conseguem o improvável, apagar as chamas da máquina mortífera para então o trio seguir pelos túneis do esgoto alcançar o Banco. Nesta incursão subterrânea, Raven demonstra novos poderes, o de prever o que irá acontecer momentos antes como identificar caminhos para onde devem seguir.
Numa fuga que envolve aliados de Lucien o trio começa a conhecer um pouco da Sociedade Secreta Chave Negra, que está disposta a depor a realeza e acabar com todas as injustiças que eles impõem ao resto da população.
Quando finalmente chegam ao seu esconderijo, a Casa da Rosa Branca, Violet, Ash e Raven conhecem Sil. Uma senhora que também foi Substituta, e que até deu a luz a atual Duquesa do Lago. Sil sobreviveu ao parto, e conseguiu fugir de seu destino trágico. Ela sabe qual é a real função das Substitutas e começa a mostrar para Violet o verdadeiro poder que essas mulheres possuem o controle dos quatro elementos: Terra, Água, Ar e Fogo.

Agora Violet se une a causa, mas sabe que sozinha não é capaz de cumprir a sua missão. Ela precisa de outras Substitutas que juntas são mais fortes e capazes de derrubar as muralhas que dividem a Cidade Solitária. Para isso é arquitetado um plano, o de sequestrar outras Substitutas da Jóia e convence-las dos seus reais poderes. Eles só não contavam com um revés. Hanzel, irmã caçula de Violet é levada a força, pela Duquesa do Lago.
Muito mais eletrizante e onde muitas perguntas são respondidas. É assim o 2º livro da trilogia A Cidade Solitária – A Rosa Branca. Mal posso esperar o lançamento e o final desta história.

3 comentários

  1. Oi Maisa
    Adorei a premissa desta trilogia e tenho muita vontade de lê-la. Com certeza através desta história têm-se as críticas ao modelo de sociedade criado na obra.
    Beijos

    ResponderExcluir
  2. Maisa!
    Tão bom quando um segundo livro de uma série é ainda melhor do que o primeiro.
    Gostei de ver que a protagonista tem poderes e aprende a utilizá-los melhor, conseguindo fugir com os amigos e duplicando as Substitutas.
    Gostaria de ler!
    Boa Páscoa!
    “A sabedoria começa na reflexão.” (Sócrates)
    cheirinhos
    Rudy
    http://rudynalva-alegriadevivereamaroquebom.blogspot.com.br/
    TOP COMENTARISTA ABRIL especial de aniversário, serão 6 ganhadores, não fique de fora!

    ResponderExcluir
  3. A capa desde livro sempre chamou minha atenção. Acho muito bonita!
    E o enredo parece ser muito interessante.
    Sempre gostei muito de livros cheios de ação e aventura. E é por esse motivo que acredito que eu vá gostar dessa trilogia.

    Dica anotada! :)

    ResponderExcluir