14 abril 2017

[Resenha] Soul Rebel – Reviravolta

Reviravolta é o primeiro volume da série “Soul Rebel”, grande fenômeno da internet. Cassidy, a protagonista desta história, é uma jovem tímida, mas muito forte e decidida. A certa altura, depois de alguns acontecimentos inesperados em sua vida, Caissy conhecerá Mason, um cara lindo e sexy, mas com fama de perigoso. E uma atração inevitável entre eles vira o combustível de uma paixão conturbada. Cheia de dúvidas e conflitos internos, ela decide se entregar à paixão e correr todos os riscos, sem saber que se relacionar com ele talvez signifique colocar a própria vida em jogo. Com muita emoção, desejo e ação, Reviravolta conquista o leitor de imediato e o deixa contando as horas para ler toda a trilogia.

O que eu achei?
Quem é a louca das fanfics e que ficou muito feliz em receber um livro baseado em uma fanfic do Justin Biber? Eu, Mayara Cardoso. Confesso que o ultimo livro que li, baseado em uma fanfic de artista me decepcionou tanto que fiquei muito receosa em ler este, mas Soul Rebel apesar de conter vários clichês de fanfic adolescente, conseguiu me surpreender em alguns pontos, e me deixar bastante ansiosa pelo próximo livro.
O livro vai contar a história da Caissidy, uma jovem que mora em um colégio interno católico para garotas praticamente toda sua vida, já que sua mãe precisou ser internada por problemas psicológicos e seu pai não queria a responsabilidade de cria-la sozinha. Apesar da rigidez do colégio ela e a melhor amiga Claire saem sempre a noite para dançar e é em uma dessas saídas que o caminho dela e de Drew Becker se cruzam pela primeira vez, ela dá mole para ele, mas depois de uma abordagem agressiva ela decide que não está mais afim, e joga sua bebida em cima dele, que a jura de morte, sério, ele realmente quer matá-la por isso, então Caissy e Claire correm de volta para a segurança do colégio interno.
Porém, logo após chegarem, Caissidy é chamada a diretoria, ela pensa que foi descoberta, mas a verdade é pior que isso, ela recebe a notícia que sua mãe faleceu e que agora ela terá que morar com uma amiga que prometeu a ela que cuidaria de Caissidy quando ela se fosse, e pra seguir no mesmo ritmo do clichê a amiga da sua mãe, Deborah, é ninguém mais que a mãe de Drew Becker, ou melhor dizendo de Mason, e os dois terão que dividir o mesmo teto.
Com isso os dois vão viver em uma relação mega intensa (e instantânea) de amor e ódio, Caissy sabe que existe algo muito errado em relação a Mason, mas ao invés de correr dele, o mistério só a atrai para ele, que acaba se revelando muito mais complexo do que imaginamos, cada ação do bad boy tem uma justificativa, o que me ajudou a compreender por que ela se apaixonou por ele. Inicialmente Mason trata tão mal a Caissidy que é revoltante que ela ainda continue atrás dele, mas conforme o tempo passa e ela quebra as barreiras do coração dele, vemos que um passado devastador pode determinar quem somos hoje, mas que um grande amor pode mudar todo o nosso futuro.

Como disse anteriormente o livro é recheado de clichês, e como leio muitas fanfics desse estilo confesso que tinha horas em que virava a página já sabendo exatamente o que iria acontecer, mas isso não chegou a me incomodar. Apesar de Mason ser um badboy não considero o relacionamento deles abusivo, o que já é um diferencial deste livro para outros com a mesma proposta. A leitura flui muito rapidamente, o livro simplesmente não fica desinteressante quando a ação começa não para mais, no final do livro a autora começa a explorar caminhos incomuns e é justamente este caminho que guiará o próximo livro, que já estou morrendo de ansiedade para ler.

3 comentários

  1. Oi Mayara
    Apesar dos clichês achei bem interessante o livro. Aquele que te faz ler bem rápido e apesar de ter pontos que a gente já sabe o desfecho queremos continuar lendo e ver os desdobramentos.
    Se a relação dos dois mesmo que de amor e ódio não é abusiva já gostei muito pois nesses clichês o cara é sempre muito rude e não curto muito.
    Beijos

    ResponderExcluir
  2. Mayara!
    Até nem me importo com os clichês, porque em determinados livros, acho essenciais.
    O que não me chama muito a atenção é por ser um fanfic baseado no Justin Bieber de quem não sou muito fã...
    Boa Páscoa!
    “A sabedoria começa na reflexão.” (Sócrates)
    cheirinhos
    Rudy
    http://rudynalva-alegriadevivereamaroquebom.blogspot.com.br/
    TOP COMENTARISTA ABRIL especial de aniversário, serão 6 ganhadores, não fique de fora!

    ResponderExcluir
  3. Mesmo sendo uma história que não nos surpreende tanto,gostaria de conhecer esses personagens.
    Ler sobre uma paixão intensa assim,é sempre prazeroso.
    Mas como a Rudy,também não gosto do Justin Bieber.

    Mas é só ler o livro e imaginar outra pessoa. Aí vai bem!

    ResponderExcluir