06 abril 2017

[Crítica] A cabana


Um homem vive atormentado após perder a sua filha mais nova, cujo corpo nunca foi encontrado, mas sinais de que ela teria sido violentada e assassinada são encontrados em uma cabana nas montanhas. Anos depois da tragédia, ele recebe um chamado misterioso para retornar a esse local, onde ele vai receber uma lição de vida.
O que eu achei? 
Nunca li o livro, mas se você quer um motivo ou tem dúvida da a existência de Deus, este filme vai te lembrar e reafirmar sua fé no "Todo Poderoso".

O filme conta história de Mackenzie Allen Philip,casado, pai de três filhos e com uma vida estável. Nas primeiras cenas do longa somos levados a conhecer o passado dele, onde temos um pai alcoólatra e que agride tanto ele como sua mãe. Após anos ele decide dar fim as agressões, logo depois que acontece uma tragédia com sua mãe.

Anos se passam e conhecemos a família de Mackenzie: sua esposa e seus três filhos, nada do que aconteceu em seu passado Mackenzie trouxe para seu ambiente familiar, pois sua família tem um amor contínuo. Sua vida se resume em trabalho, família e igreja, ode todos os domingos eles vão orar para "Papa", um carinhoso apelido dado por sua esposa a Deus.

No último fim de semana d o verão Mackenzie leva seus filhos para acampar, mas durante um de seus filhos fica preso num barquinho e quase morre, enquanto vai resgatá- lo acaba deixando sua filha na mesa e quando retorna não a encontra.

A partir deste fato Mackenzie se afasta da família, nada em sua vida se encaixa, pois a culpa certamente o condena. Então um belo dia ele recebe uma carta pedindo para que ele vá a cabana, assinado por Papa. Obviamente ele imagina estar imaginando coisas, mas é vencido por sua curiosidade e vai até a cabana onde sua filha supostamente foi morta.

Mackenzie vai até a cabana e encontra a Santa Trindade: Pai, Filho e Espírito Santo e terá que lembrar de seus medos e encarar a realidade de que precisa continuar viver. 

Papa é interpretado por Octavia Spencer que consegue ao mesmo tempo dar a seu personagem um tom sério e cômico. Papa é gentil e amorosa, a atuação de Spencer não poderia ser descrito com nada menos que impecável!
Tanto o "Filho" como o personagem que interpreta o "Espírito Santo" dão o tom correto do filme. Mackenzie conversa com eles e terá que tomar uma dolorosa, mas necessária decisão.

Minha opinião é que o ator principal não conseguiu interferir no filme, sem emoções o suficiente que pudesse justificar a dor de um pai que perdeu sua filha. O longa tem uma fotografia maravilhosa e um roteiro imperdível e merece ser visto por milhões de expectadores, num mundo tão complicado e sem perspectiva encontrar fé no fim do túnel é esplêndido!


Trailer:

4 comentários

  1. Oi Maisa
    Talvez eu me encante pelo filme, pois querendo ou não acaba sendo mais dinâmico que o livro.
    Este foi um livro que a abandonei pois achei muito monótono no início.
    Não quis nem dar uma segunda chance.
    Beijos

    ResponderExcluir
  2. Olá Maisa, tudo bem?
    Eu já li o livro e apesar de achar uma escrita um pouco complexa, gostei bastante.
    Estou ansiosa para conferir a adaptação, mas é uma pena o autor não ter captado a essência do personagem.
    Beijos!

    http://excentricagarota.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  3. Oi,que pena que o ator principal,não tenha conseguido demonstrar a dor de um pai que perde uma filha.

    Pretendo assistir o filme. Mas não gostei tanto assim do livro.
    Achei que no decorrer da história,a trama de tornou quase que religiosa.
    Mas não deixei de me emocionar.

    Bjs.

    ResponderExcluir
  4. Maísa!
    Todos andam falando muito bem do filme e ainda não assisti, e gosto demais dos temas religiosos, ainda mais aqui que é desmestificada a santíssima trindade e com grande diversidade na escolha das personagens, deve ser um filme incrível e quero poder ler o livro também.
    Bom feriado!
    “Compreender que há outros pontos de vista é o início da sabedoria.” (Campbell)
    cheirinhos
    Rudy
    http://rudynalva-alegriadevivereamaroquebom.blogspot.com.br/
    TOP COMENTARISTA ABRIL especial de aniversário, serão 6 ganhadores, não fique de fora!

    ResponderExcluir