Books Brasil Books

Novidades

[News]Programação Janeiro 2022 Manouche

PROGRAMAÇÃO JANEIRO 2022 - MANOUCHE



05, 12 e 26 de janeiro (temporada às quartas-feiras), 21h

Comédia no Manouche - Hélio de la Penã, Claudio Torres Gonzaga e convidados

 

 

Rir é preciso. Sobretudo em tempos de caos e barbárie - e das piadas certas. 

 

Nos meses de janeiro e fevereiro, às quartas-feiras, o Casseta e Planeta Hélio de la Peña e Claudio Torres Gonzaga, redator de programas como "A Grande Família" e "Sai de Baixo" e um dos criadores do stand up "Comédia em Pé", recebem nomes diversos do crème da la crème da comédia carioca como convidados, fazendo de cada noite um espetáculo diferente, numa atmosfera que lembra os clubes de comédia nova-iorquinos.  Não deixe para amanhã a gargalhada que você pode dar hoje. 

 

"O Rio precisa resgatar seu lugar de destaque na comédia brasileira. E nada melhor que um espaço bacana pra apresentarmos grandes nomes e revelarmos talentos do stand up carioca"- Hélio de la Penã.

 

Convidados de janeiro: 

* 05/01: Paulinho Serra Yas Fiorelo

* 12/01: Marcos Castro, Luciana Daulizio e Jeffinho Farias

* 26/01: Marcos Veras e Ju Querido

 

Obs: Excepcionalmente, não haverá apresentação em 19/01.

 

Datas: 05,12 e 26 de janeiro

Horário: 21h

Preço: R$ 40 (ingresso solidário, levando um kilo de alimento não perecível ou um livro, e meia entrada) e R$ 80  (inteira)

        

13, 20 e 27 de janeiro (temporada às quintas)

The Silvas (Liminha, João Barone e Pedro Dias) convida Toni Plantão

 

Yes, nós temos surf music. 

Quando um dos grandes guitarristas e produtores da música brasileira, que tocou com nada menos que Os Mutantes, se junta ao baterista dos Paralamas do Sucesso por pura diversão e esta diversão atende pelo nome de surf music, that´s the way we like it. 

 

Liminha (guitarra), João Barone (bateria), Toni Platão (vocais) e Pedro Dias (baixo)  tocam clássicos de Dick Dale, The Ventures e The Shadows e temas de “Missão Impossível”, “Havaii 5-0” e “007” intercalados por rocks dos anos 60 e 70 em versões explosivas.

 

Datas: 13,20 2 27 de janeiro

Horário: 21h

Preço: R$ 50 (ingresso solidário, levando um kilo de alimento não perecível ou um livro, e meia entrada) e R$ 100  (inteira)

 

07, 14, 21 e 28 de janeiro (temporada às sextas), 21h

“Sinatra a Wando e outras bossas” - Marcelo Serrado e banda Conexão Rio 

 

Apaixonado pelo repertório elegante de Frank Sinatra desde pequeno, quando seus pais o ouviam em casa, o ator, cantor, diretor e produtor Marcelo Serrado mostra seu lado crooner no show “Sinatra a Wando e outras bossas”, em temporada às sextas de janeiro. 

 

Acompanhado da banda Conexão Rio, Marcelo passeia com sensibilidade e humor também por clássicos de Michael Bublé, Tom Jobim e Cauby Peixoto e ainda pela irreverência de Luis Miguel, Sidney Magal e Wando, entre outros artistas, já que humor é preciso.

 

O grupo Conexão Rio, que completa 20 anos de estrada este ano, é formado por André Cechinel (piano), Fernando Barroso (baixo), Fernando Clark (guitarra) e Zé Mário (bateria). 

 

Datas: 07, 14, 21 e 28 de janeiro

Horário: 21h

Preço: R$ 80 (ingresso solidário, levando um kilo de alimento não perecível ou um livro, e meia entrada) e R$ 160  (inteira)

 

10/01, terça-feira, 21h

Manoel Cordeiro e a Brazuca (Kassin, Pupillo e Marlon Sette) 

 

Não é todo dia que pode se encontrar um dos reis da guitarra dançante paraense – e de todo Brasil - em um palco carioca. Quanto mais estreando um novo projeto em que é acompanhado de amigos à  altura: o baixista e produtor Kassin, o baterista da Nação Zumbi e produtor Pupillo e o trombonista da Orquestra Imperial Marlon Sette.  

 

Cultuado multi-instrumentista e produtor musical que nos últimos anos tem formado dupla constante com seu filho, Felipe Cordeiro, Manoel comenta sobre seu novo grupo, Manoel Cordeiro a Brazuca: “Pupillo é um baterista pernambucano, da escola do manguebeat; o Kassin é aquele cara que tudo que coloca a mão ganha modernidade e bom gosto; Marlon tem uma sonoridade efusiva, vibrante;  e eu sou do Pará. O que isto que dizer? Quer dizer que Pernambuco, Rio de Janeiro e Pará são três estados cuja musicalidade banca grande parte das festas brasileiras. E o show vai ter este sotaque de festa. Para ouvir, dançar,  se apaixonar e swingar”. 

 

Tudo começou com um convite do SESC/SP no meio da pandemia para que o guitar hero paraense chamasse parceiros para comporem juntos uma música. E eis que a música virou banda, que estreia ao vivo neste show. 

 

No repertório, a fusão de estilos pela qual Manoel é conhecido, a começar dos ritmos tradicionais paraenses, em músicas como “Lambada alucinada” e “Asfalto amarelo”, de Manoel, “Segunda divisão”, de Kassin,  e “Um carimbó” e ”Pupunha com Mel”, de Marlon. 

 

Data: 11 de janeiro, terça

Horário: 21h

Preço: R$ 40 (ingresso solidário, levando um kilo de alimento não perecível ou um livro, e meia entrada) e R$ 80  (inteira)

 

18/01,  terça, 21h 

Por acaso: Zé Maurício Machline convida Ivan e Cláudio Lins

 

Criador do Prêmio da Música Brasileira, Zé Maurício Machline faz mais duas edições em janeiro do projeto “Por Acaso”, em que reúne artistas para encontros de bate bapo e música. Os convidados do dia 18 são Ivan Lins acompanhado de seu filho, Cláudio Lins.

 

Datas: 18/01, terça

Horário: 21h

Preço: R$ 40 (ingresso solidário, levando um kilo de alimento não perecível ou um livro, e meia entrada) e R$ 80  (inteira)

 

19 de janeiro, quarta, 21h 

Por Acaso: Zé Maurício Machline convida Zeca Baleiro, Almério e Martins

 

Criador do Prêmio da Música Brasileira, Zé Maurício Machline desta vez convida para o projeto “Por Acaso”, em janeiro, três artistas para bate-papo e música. Os convidados do dia 19 são o cantor e compositor maranhense Zeca Baleiro acompanhado de dois elogiados novos talentos pernambucanos, Almério e Martins

 

Datas: 19 de  janeiro, quarta, 20h

Horário: 21h

Preço: R$ 70 (ingresso solidário, levando um kilo de alimento não perecível ou um livro, e meia entrada) e R$ 140  (inteira)

 

23 e 30 de janeiro, domingos, 20h

Festa Alento

DJs Rodrigo Penna e Helen Sancho 

 

Alento é do que precisamos. E como.

Nossa festa xamego, Alento, dos DJs Rodrigo Penna, criador da festa Bailinho, e Helen Sancho, está de volta e em temporada aos domingos de janeiro e fevereiro, em versão só ao ar livre, usando e abusando do jardim da Casa Camolese. 

 

Todo mundo imunizado, dois pra lá e dois pra cá, grandes clássicos, novos hits e aquele lindo set pra dançar juntinho.

 

Datas: 23 e 30 de janeiro

Horário: de 20h às 3h 

Ingresso: 

Primeiro lote: R$ 60,00 (ingresso solidário, levando um kilo de alimento não perecível ou um livro, e meia entrada) e R$ 120,00 (inteira)

Segundo lote: R$ 70,00  (ingresso solidário, levando um kilo de alimento não perecível ou um livro, e meia entrada) e R$ 140,00 (inteira)

Preço na hora: Ainda a definir 

 

Manouche

Rua Jardim Botânico, 983 (subsolo do restaurante Casa Camolese) 

 

Informações importantes:

* Os ingressos são vendidos somente pela nossa bilheteria digital www.manouche.byinti.com e os lugares são por ordem de chegada.

* A casa abre uma hora antes do início da apresentação, com cardápio de drinks e aperitivos do restaurante Casa Camolese. 

* É imprescindível a apresentação de comprovante de vacinação na entrada e uso de máscaras em função da Lei e em respeito ao coletivo.

Nenhum comentário