Novidades

[Programação] Shows de 28 de fevereiro a 6 de março

Confira a programação de shows da semana:

                 Fundição Progresso:
Ensaio do Monobloco, Abram alas para elas-Homenagem às mulheres da música brasileira, sexta, dia 1 de março, às 22h. Pista a 70 a meia e solidária, 140 a inteira e Frisa 150 a meia e solidária e 300 a inteira. 

                            Circo Voador
Chá da Alice com Lexa, sexta, dia 1 de março, às 23h.40 a meia ou solidária e 80 a inteira.


Como parte da comemoração de 10 anos, a maior festa pop do Brasil traz o Chá da Lexa. Prepara a fantasia e vem!
Verão bombando e o Chá da Alice chega geladaço pra dar aquela refrescada e abrir oficialmente as portas da folia. Sexta, 01 de março, como parte da comemoração dos seus 10 anos, a festa mais divertida do braseeel invade o Circo e bota geral pra descer com Lexa e seu hit Sapequinha. Vai rolar cenário exclusivo, balé, efeitos especiais e aquele som que só os DJs Babi, Luan Poffo e Gui Serrano sabem fazer em uma noite bem sapequinha. Prepara a fantasia e vem!

Sobre o Chá da Alice
O Chá da Alice foi criado acidentalmente por dois atores, em 2009, quando foram comemorar seus aniversários em uma festa temática. A localização também era privilegiada no extinto e conceituado Mistura Fina, na Lagoa.
Na ocasião, visto o sucesso e burburinho gerado pela festa, o produtor da casa convidou-os a repetir a dose por três sábados consecutivos. Daí por diante, o evento vem conquistando não só a Cidade Maravilhosa, como o Brasil inteiro com sua irreverência e atmosfera lúdica.
A magia começa desde a entrada do público, que é recebido pelos personagens principais da história: o Gato Risonho, que desliza fazendo acrobacias aéreas em um tecido, o Coelho, que faz saltos enormes com sua perna mecânica, a Rainha de Copas, que comanda a fila com um dos seus soldados em uma perna de pau, o Chapeleiro Maluco com seu bule e, claro, a própria Alice.

     New Kids on the Bloco, sábado, dia 2,às 17h. A entrada custa 1 kg de alimento não-perecível.

Já tá virando tradição: carnaval no Circo com New Kids on the Bloco.

Já virou tradição: carnaval no Circo é com New Kids on the Bloco.  Sábado, 02 de março, o primeiro bloco boy band do país invade a lona com todos aqueles sucessos que todos nós sabemos cantar das boys bands e girls bands dos anos 90.
Clássicos como “Everybody”, do Backstreet Boys, “Bye, Bye, Bye”, do N´Sync e “Step By Step”, do New Kids on the Block, até canções de grupos brasileiros Polegar e Dominó estão garantidos. Mas nem só de anos 90 vive o bloco e hits de artistas do universo pop como Maroon 5, Daft Punk, Bruno Mars, Kate Perry e Taylor Swift também fazem parte do repertório.
Dia e horário anotados, fica faltando apenas a fantasia. New Kids on the Bloco no Circo Voador. Seu sábado de carnaval promete!

O show da Luna de Carnaval,domingo, dia 3 de março às 11h. 40 a meia ou solidária e 80 a inteira. 

O Show da Luna faz uma grande festa de carnaval para os pequenos e toda a família.
Os pais pediram e finalmente vão poder aproveitar a folia com os pequenos em pleno carnaval e, ainda por cima, no coração da Lapa! Domingo, dia 03/03, a cientista mais amada da criançada desembarca no Circo Voador pela primeira vez com ‘O show da Luna de carnaval’.
Nessa excursão de estreia pela Lona, Luna, seu irmão Júpiter e o furão de estimação Cláudio vão tentar descobrir uma série de curiosidades como se a água vira chuva, se existe vida em Marte, do que é feito o arco-íris e por que a bolha de sabão é redonda, em uma aventura repleta de canções, dança e fantasia.
E por falar nas canções – feitas especialmente por André Abujamra e Márcio Niro –, um grande time de bailarinos apresenta coreografias criativas para deixar tudo ainda mais divertido.
Após o show, a festa continua firme, forte e colorida com direito a muita marchinha, confete e serpentina. Prepara a fantasia e vem!


Joana D`Arc Felix-Uma história inspiradora, dia 26 de março, às 20:30. De 70 a 90 reais.

Ainda no primário, quando o único sapato do ano rasgou e os coleguinhas viram o plástico que cobria o buraco na sola, ela chorou ao contar para o pai que recebeu chutes no pé, e, quieta, enfrentou as risadas. Já adolescente, ouviu da mãe de uma colega de turma que, por ser negra, deveria subir no prédio para a visita pelo elevador de serviço. Não chorou. Mas foi embora. Aos 14 anos, quando começou a Faculdade de Química na Unicamp, em Campinas, morou sozinha num pensionato e dormiu muitas noites com fome. Desistir nunca foi uma opção. Filha de uma empregada doméstica e de um funcionário de um curtume em Franca, no interior de São Paulo, Joana D’Arc Félix de Sousa, de 53 anos, saiu de uma das mais conceituadas universidades do país com mestrado e doutorado. Ganhou asas e partiu para os Estados Unidos. Aos 25 anos, era PhD em Química pela Universidade Harvard. Por conta de problemas familiares, os planos de uma carreira americana foram interrompidos em 1999, quando precisou voltar ao Brasil. Desde 2004, faz pesquisa de ponta com alunos da Escola Agrícola de Franca, onde é professora e coordena o curso técnico de curtimento. Correu atrás de bolsas de iniciação científica para os estudantes e, com eles, registrou 15 patentes nacionais e internacionais. Quer mais? Ganhou 102 prêmios pelo trabalho de destaque, dentre eles "Personalidade 2017" do Prêmio Faz Diferença, concedido pelo Jornal O Globo em 2018.



Nenhum comentário