24 setembro 2017

[Entrevista] Roberta Del Carlo


1. Quais são seus livros?
No momento estou com dois livros na Amazon, os dois são romances com temas envolventes um chama-se Dolorosa Paixão (que acredito que seja o mais clichê do mundo dos romances que é quando o chefe perde-se de amor por uma jovem mulher, que vem a ser a sua mais nova secretária) e o outro, que saiu pela Ed. Percurso no ano de 2015 é o Um amor de Aluguel ( que tem um enredo um pouco mais forte, pois trata-se de uma mulher na beira dos cinquentas anos que um dia se vê apaixonada por um rapaz, que a profissão dele é um garoto de programa, apesar de parecer que o livro é hot ou que seja escandaloso, o livro mostra ao contrário, o enredo tem sentimentos aflorados e descobertas incríveis e conflitos internos).
Também tenho participação em nove antologias, entre elas pela Ed.Illuminare, Ed. Aped e projeto independente chamado Romances em Contos que podem ser encontrados Amazon.

2. Se estivesse começando agora a sua carreira como escritora, mudaria alguma coisa?
Com certeza, uma delas seria ter controlado mais a ansiedade para arriscar uma publicação editorial, observaria mais o mercado e direcionar melhor o público alvo. Mas, tem coisas que a gente tem que passar para aprender.

3. Dos livros que escreveu, tem algum que seja a seu favorito?
Eu já publiquei mesmo que de forma não comercial como, por exemplo, no Wattpad que ainda é uma fonte inesgotável de aprendizado e contato direto com os leitores e tenho grande carinho por todos os enredos que já publiquei, mas ainda sim tenho um carinho enorme pelo Um Amor de Aluguel que tenho retorno até hoje do enredo e também do livro Jogos de Máscara (Às vezes penso em publicar de forma comercial) que foi a minha estreia no Wattpad e através dele conheci pessoas maravilhosas.

4. Com quantos anos despertou seu interesse pela leitura?

Creio que desde sempre, mas aflorou mesmo aos onze anos por conta da biblioteca escolar que eu tinha acesso e fui conhecendo livros, autores e grandes histórias com isso foi abrindo algo na minha mente ou no coração. Tanto que o meu primeiro conto publiquei aos 16 anos que chama-se Lembranças de um antigo amor. Mas com certeza devo tudo a escola, meus pais e uma tia que tinha uma estante cheia de livros.

5.Qual livro que você leu e não gostou, mas todos gostam?
Estilhaça-me de Tahereh Mafi
Saga De repente – Susan Fox

6. Se pudesse escrever um livro com três autores nacionais, quem seriam e por quê?
Lya Luft pois acho os seus textos tão leve e direto, que é o que sinto falta nos meus então aprenderia muito ao seu lado.
João Ubaldo Ribeiro (que não está entre nós) pois seus textos regionais são cativantes e até aqueles mais picantes tem uma pitada de humor muito boa. Creio que aprenderia muito com ele que parecia escrever sem pressa mas com uma verdade que falta hoje.
Maria Adelaide Amaral por seus livros infanto-juvenis, peças de teatro e os biográficos e as claro as novelas. Tenho uma admiração por tudo que ela faz no mundo literário.


7. Dos livros que escreveu, qual é o seu favorito? Conte-nos um pouco sobre ele, sem dar spoiler, cuidado hein...

Bom, já falei dos publicados então vou contar dos contos. Na edição Romance em contos com o tema Natal e o Bebe chegou! (das quais participo) lá tem personagens que são os meus mais velhos e espero poder contar o antes e o depois deles um dia, em um novo projeto e contar sobre todos que vivem em torno deles, pois nos contos resumi tudo no casal, mas na verdade é uma turma toda cheias de histórias, segredos e reviravoltas. Quem quiser dá um conferida os e-books estão na Amazon.

8. Gosta de trabalhar em silêncio absoluto ou prefere ouvir música enquanto trabalha?
Preciso dos dois, a música ajuda a compor os personagens quando estão sendo escritos, porém quando releio preciso do silêncio.

Se pudesse tomar café com um autor, pode ser qualquer um mesmo, quem seria? e Por quê?
Sidney Sheldon, pois aquela mente era brilhante, na verdade ainda é já que sua obra está imortalizada.

9. Qual seu processo de escrita?
A ideia chega de mansinho, vou anotando tudo como um roteiro então vem o ambiente, os nomes e os conflitos, então pesquiso que não é tão fácil assim e logo penso no nome do livro e até na capa. Depois que está tudo anotado e pronto para começar então começo a escrever, mas mesmo assim sempre preciso de um bom olhar clinico para não me deixar estender ou ter grandes erros.

10. Deixe um recado pros leitores do blog.

Primeiro agradeço o espaço do blog, e dizer que foi maravilhoso a conversa e o convite aqui. E para o pessoal do blog, digo que se gostam de romances venham conhecer a minha página no Facebook pois está tudo lá, tudo o que faço, escrevo sempre está registrado lá. Link: https://www.facebook.com/autorarobertadelcarlo/
E também quero dizer que se você, leitor desse blog tem algum sonho e agora está passando por algum momento não satisfatório, então: Pare. Respire e continue.
Toda luta é árdua e se tem muito amor então valerá ser vivida, desbravada e um dia contada.
E mais uma vez obrigada e aguardo por vocês.



Agora um De frente com Maisa: curiosidades sobre você.
1. Amar ou ser amada?
Os dois é bom
2. Doce ou salgado?
Salgado.
3. Se pudesse viajar agora, para onde iria?
Gostaria de ir para a praia.
4. Um sonho de consumo?
Comer de tudo sem engordar
5. Um desejo que você já realizou?
Publicar um livro.
6. Um sonho de consumo?
Publicar outro, ainda melhor que o anterior.
7. Autor preferido?
Minha lista é imensa e não quero deixar ninguém de fora.
8. Sua comida favorita?
Pizza
9. Frio ou calor?
Calor.
10.Roberta por Roberta, quem é você?
Uma jovem mulher cheia de sonhos e enredos para contar, e que tenta equilibrar tudo da melhor forma possível os objetivos da vida adulta, a vida familiar e os sonhos que não tem limites. E que vai sempre continuar tentando, remando e nadando até ver o seu dia chegar.

Um comentário

  1. Olá!
    Muito obrigadaaaaa
    Adorei estar aqui com vocês mais uma vez!
    #gratidão.

    ResponderExcluir