21 julho 2017

[Resenha] Inversos

Como assistente pessoal de Carter Manning, Bruna sabia exatamente o que esperar do cantor: música, mulheres e um pouco de (muita) arrogância. Seria preciso uma interferência do universo para que ele se mostrasse alguém decente. E não é que o universo resolveu agir?! As pequenas, Sam e Soph, serão a prova final de Carter, para mostrar que mesmo o cara mais idiota possui algo além de uma camada de egocentrismo.                                                   

O que eu achei?
A história de uma assistente que se apaixona por seu chefe pode parecer uma grande mesmice, afinal já temos diversos títulos com essa premissa, mas em “Inversos”, Carol Dias mostra que ainda há muito o que se explorar, fugindo do estereótipo mocinha frágil que não enxerga as babaquices de seu chefe e aguenta tudo por amor, ela nos mostra uma personagem forte, que mesmo dividindo trabalho e coração com a mesma pessoa, não abaixa a cabeça, nem se deixa vencer facilmente. Outro ponto positivo do livro que sabemos antes mesmo de ler é a capa, que mesmo usando as usuais silhuetas, consegue ser diferente das dos demais romances no mercado, despertando logo o nosso interesse.

Bruna, nossa protagonista, é assistente de Carter, um superstar, cheio de vontades e que dorme com todas as mulheres disponíveis, inclusive suas funcionárias, e isso incomoda Bruna, mas como boa funcionária ela mantém a disciplina fingindo não se importar, mas se pergunta quando chegará o dia em que uma dessas mulheres baterá a sua porta carregando um filho dele. Claro que isso não demora a acontecer e ao estilo antigo, as gêmeas Soph e Sam, são deixadas na porta com apenas uma carta,e como elas são grandinhas sabem que estão na casa do papai, e que vão ficar ali.

Claro que Carter se desespera ao ver as meninas e como bom astro, pede ajuda a seus assistentes, enquanto Bruna cuida das meninas, seus advogados insistem em um exame de DNA ou que entreguem as meninas a justiça e processem a mãe por abandono, mas se mostrando um cara bem sensato, Carter resolve ficar com elas, já que visivelmente elas são suas filhas, cada traço delas lembra Carter, e ele arcará com sua responsabilidade. Bom, claro que ninguém deixa de ser um babaca, e vira um pai exemplar do dia pra noite, então Bruna, é que será de fato a responsável pelas meninas, até que ele de fato se torne um pai.

Com uma turnê, um astro que não consegue controlar suas vontades e duas menininhas, Bruna precisará administrar seu tempo, e se dividir entre todos eles, mas além dos problemas no trabalho, antigos problemas pessoais voltam a atormenta-la, e ela se pergunta se tudo o que faz por trabalho vale a pena, e qual é o limite dela, se é que ainda resta algum. Ninguém disse que unir coração e trabalho seria fácil, mas agora o coração de Bruna, não bate mais apenas por Carter mas também pelas gêmeas, o que torna tudo mais complicado e difícil de deixar para trás.

Inversos mostra mais uma vez aquele velho conhecido de os opostos se atraem, porém dessa vez não adianta só a mocinha ceder as vontades do galã para o final feliz acontecer, ele terá que se dar conta do que pode perder e começar a abandonar velhos hábitos se quiser um bom futuro. Com esse diferencial, o livro se destaca, mostra que amor não é submissão e junção de duas pessoas, opostas ou não, que são melhor juntas, e não querem um final feliz pronto, mas um construir o próprio.


3 comentários

  1. Oi May

    Conheci a Carol outro dia "ao vivo" e ainda não li nada dela mas sei que ela está no Love is in the air de Paris. O que lerei com certeza na Bienal.
    Só não entendi o seguinte: se passa no Brasil ou lá fora? POrque eu tenho um problema sério com livros passados no Brasil onde os personagens tem nome de astros americanos hahha
    bjos

    ResponderExcluir
  2. Oi Mayara
    Que bacana que sai do clichê de funcionária apaixonada subordinada. Já ganhou muitos pontos por isso. Também curti que ele não rejeitou as filhas e ao seu modo quis criá-las.
    Beijos

    ResponderExcluir
  3. Fugindo ao clichê de secretária apaixonada por chefe se torna interessante, pois marca outros pontos de vista na história!
    Astros com vontades? isso existe kkkk
    Leitura certa!!!

    www.desconexaoleitura.com.br

    ResponderExcluir