28 junho 2017

[Quotes] Hannibal

Talvez um dos serial-killers mais famosos e cativantes da literatura e do cinema, o Dr. Hannibal Lecter é, sem duvida, o mais brilhante deles – e igualmente assustador. No terceiro livro da trilogia de Thomas Harris, “Hannibal”, mostra um Hannibal muito mais complexo e envolvente.

Por esse livro ser tão marcante, separamos algumas das melhores passagens do livro.




01. “Um axioma de Washington, provado mais vezes do que o Teorema de Pitágoras, declara que, na presença de oxigênio, um peido alto com um culpado obvio cobrirá muitas emissões pequenas na mesma sala, desde que sejam praticamente simultâneas.”

02. “Para o que você olha enquanto está tomando uma decisão? A nossa cultura é reflexiva, nós não erguemos os olhos para os morros. Na maior parte das vezes decidimos as coisas críticas olhando para o chão de linóleo de um corredor institucional, ou sussurrando às pressas numa sala de espera com uma televisão alardeando absurdos.”

03. “A exposição de Instrumentos de Tortura Atrozes não podia deixar de atrair um conhecedor do que há de pior na humanidade. Mas a essência do pior, a verdadeira assa-fétida do espírito humano, não é encontrada na Donzela de Ferro ou na lâmina afiada; a Feiura Básica é encontrada nos rostos da multidão.”

04. “A morte e o perigo não precisam vir com armadilhas. Elas podem chegar no hálito doce de seu amado.”

05. “Nós delegamos um momento para a decisão, para dignificar o processo como o resultado de um pensamento racional e consciente. Mas as decisões são feitas de sentimentos amalgamados; frequentemente eles são mais um amontoado do que uma soma.”

06. “Como você se comporta quando sabe que as honras convencionais não passam de lixo? Quando passa a acreditar, junto a Marco Aurélio, que a opinião de futuras gerações não valerá mais do que a atual? Nesse caso será possível se comportar bem? Será desejável se comportar bem?”


Um comentário