02 dezembro 2017

[Resenha] Meu livro. Eu que escrevi.

Duny (lê-se Dani) é uma celebridade de alcance mundial, alçada ao estrelato por seu imenso talento, inteligência, classe e beleza incomparáveis. Ou, pelo menos, era isso o que ela esperava da vida — que, no caso de Duny, se resume basicamente a um loop infinito de lacres, barracos e baixarias cometidos em busca da fama. Meu livro. Eu que escrevi é o maior deles. Conhecida dos fãs principalmente por trabalhar e morar na Pensão da Tia Ruiva e ser uma das estrelas da websérie Girls in the House, Duny hoje comanda também o reality show investigativo Disk Duny e é comentarista on-line de premiações como o Oscar e o Grammy para uma grande rede de TV, mas ela já passou por muita coisa nessa vida: da humilhação pública de fazer agachamentos em trajes sumários num programa de auditório a fingir que suporta crianças só para ser babá da filha de uma artista famosíssima e ficar um tantinho mais perto dos maiores nomes da música pop. Se valeu a pena? Para Duny, ainda vamos saber. Mas, para quem lê essa autobiografia recheada do início ao fim com o melhor da ironia (ou grosseria) moderna e total ausência de preciosismo vernacular, vale cada página.
O que eu achei?
"Meu Livro. Eu Que Escrevi." é o livro de Raony Phillips, criador da websérie Girls In The House, contado na perspectiva da protagonista Duny.

No livro Duny conta experiências da sua vida e frustrada carreira em ascensão. Histórias do seu passado que renderam apenas em furada e memes com a sua pessoa. E momentos que se entrelaçam com a websérie e todas as situações são completamente cômicas.

Duny fala sobre passar vergonha em rede nacional, ser a amiga "pobre do rolé" com amigos, nudes vazadas e até relacionamento originado de aplicativos.

Em contrapartida o livro por se tratar de relatos não possui muitas cenas com diálogo, o que particularmente acho que cansa o livro. Mas Duny com seu linguajar e sem papas na língua consegue em partes tornar o livro divertido e rápido de ler.

Escrito por Leonardo Alves

Nenhum comentário

Postar um comentário