17 agosto 2017

[Crítica] O castelo de vidro

Baseado no livro Castelo de Vidro, da jornalista Jeanette Walls, a trama retrata a infância de Walls, criada com os irmãos no seio de uma família desequilibrada, bastante pobre e nômade.                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                      

O que eu achei?
Woody Harrelson é daqueles atores que conseguem expressar tudo sem nem abrir a boca. Quando soube que ele iria estrelar um filme sobre a trajetória de uma família não-tradicional como o patriarca, fiquei animada para conferir a performance dele. E valeu a pena a espera porque foi um dos pontos altos da carreira dele, se não o maior até agora. Ele é mais conhecido por seu trabalho em Onde os fracos não tem vez e pelas série True Detective e Cheers e aqui ele dá vida a Rex Wallis, um pai dedicado mas problemático (como a maioria!)

Baseado no livro homônimo de Jeannette Wallis (uma das 3 filhas de Rex) que foi lançado em 2005 e que não li, apenas conheço de nome,a história da família Wallis é contada sob a ótica de Jeannette, a segunda filha do casal. A mãe, Rose Mary Walls (Naomi Watts,a Rachel de O Chamado) é uma pintora e o pai, Rex Wallis (Woody) um desempregado alcoólatra, vivem com seus quatro filhos: Lori, Jeannette, Brian e Maureen. Até Jeannette completar 6 anos, eles ficam se mudando para várias cidades do Arizona e da Califórnia quando as dívidas ficam altas demais. Quando Jeannette completa 7 anos, eles se mudam para uma cidade no estado de Nevada chamada Battle Mountain, onde o pai arranja um emprego na empresa de mineração e eles passam por um momento de estabilidade financeira, até Rex eventualmente ser demitido e mergulhá-los de novo na pobreza.Um dia, quando a mãe pede para ela cozinhar umas salsichas, Jeannette sofre um acidente:sua saia pega fogo enquanto mexia na panela. Rose rapidamente joga o tapete encima dela e abafa o fogo mas ela já estava em chamas e é levada para o hospital. Ela fica com queimaduras na barriga e um dia ela pergunta a Rex se ela era feia,o pai responde que não há nada de feio e que aquelas cicatrizes eram um testemunho da força dela, que é algo que ela nunca deve se envergonhar.

Rose tem um curso de professora e consegue uma vaga na escola local mas o marido logo gasta o cheque com bebida. Apesar de todas as dificuldades, eles ainda levam uma família feliz. Um garoto desenvolve uma fixação em Jeannette e a ataca com uma arma BB (uma espécie de pistola) quando as crianças estão sozinhas em casa e Lori vai buscar a pistola do pai para se defenderem mas a polícia é convocada e o garoto vai presa. A família aprende que estão correndo o risco de perder a guarda das crianças e se mudam para Phoenix, no Arizona, para morar com a avó materna, Smith mas no caminho, recebem a notícia do falecimento dela e que herdarão a casa em que ela morava.

No início, tudo vai bem porque além da casa, a avó Smith ainda deixou uma quantia considerável de dinheiro mas ele é gasto imprudentemente e a família passa por outra época difícil. Rex pergunta o que Jeannette gostaria de ganhar para seu aniversário de 10 anos e ela pede que ele pare de beber. Ele se amarra em uma cama e ordena à esposa e aos filhos que não o deem bebida, por mais que implore. Ele consegue com muita dificuldade. Quando a semana acaba, ele decide levar a família em uma viagem pelo deserto e quando o carro quebra no meio da estrada, uma mulher pára e dá carona para eles até a cidade. Ela se refere aos Wallis como ´´pobres´´ o que deixa Rex envergonhado. Rose decide que já que eles não tem mais dinheiro, seria melhor eles irem morar com os pais de Rex em Welch, West Virginia.

Eles dirigem até lá e as crianças veem seus avós e tio paterno pela primeira vez e são matriculadas na escola mas como não estudavam fazia tempo, são colocadas na turma dos retardatários. Jeannette sofre bullying até ajudar o vizinho do líder dos valentões e deixa de ser um alvo de chacota.Rex e Rose decidem voltar para Phoenix para buscarem alguns itens valiosos que deixaram lá. Enquanto os pais estão viajando, Jeannette pega a avó no flagra molestando Brian; ela parte para cima da avó para defender o irmão. Quando Rex volta de viagem, ao invés de defender as crianças, ele as repreende severamente. As crianças se dão conta de que ele provavelmente sofria abusos na infância. A família é expulsa da casa da avó Wallis e vão para uma bem rústica, sem encanamento nem água corrente mas Rex gostou por ter um terreno grande o bastante para construir o castelo de vidro que ele prometeu a Jeannnette quando era criança. Embora o pai fale que a situação precária seja temporária, eles acabam morando anos na casa, apenas com o salário de bicos que Rex tem e de cheques de uma empresa de óleo que Rose recebe por arrendamento de uma propriedade dela.

Quando Jeannette completa 13 anos ela fica encarregada de cuidar do lar enquanto sua mãe decide parar de ensinar para se concentrar na sua arte e Lori vai para Nova York estudar em uma universidade onde conseguiu bolsa. Jeannette fica com a poupança para cuidar das finanças da casa e dá um pouco para seu pai e acaba topando participar de um esquema de trapaça em jogos que ele se envolve. Com isso, Rex consegue arranjar 950 dólares para pagar os estudos dela.

Durante todas as duas horas dessa produção, o espectador é capaz de sentir o senso de união que mantém os laços familiares.A atuação de Woody é tão convincente que me fez pensar que talvez ele seja indicado ao Oscar ano que vem. Outros destaques foram Naomi Watts como a mãe que está sempre pronta a se sacrificar por sua família e Brie Larson como Jeannette, a filha batalhadora que vai amadurecendo. Mal posso esperar para vê-la como a capitã Marvel! É uma emocionante saga que todos deveriam assistir para aprender lições sobre o quão poderosos os laços familiares podem ser.

Trailer:

Um comentário

  1. Queria muito ter ido na cabine, mas a economia financeira pré bienal ta foda! Sou muito fã da Brie, vou esperar sair online mesmo =(

    ResponderExcluir