24 julho 2017

[News] Campanha Esqueça um livro

 


A campanha do Esqueça um livro foi inspirada na americana BookCrossing, um movimento cultural difundido em todos os Estados Unidos. Criado em 2001 por Ron Hornbaker e sua esposa, quando viram uma reportagem sobre máquinas fotográficas descartáveis, que eram ´´esquecidas´´ em determinados locais para que outras pessoas pudessem usá-las.Eles gostaram da ideia e pensaram em outros objetos que pudessem ser feitos o mesmo. A ideia de espalhar livros surgiu quando o casal admirava sua estante.

Alguns anos mais tarde, a iniciativa chegou ao Brasil, começando por São Paulo e por ser uma se espalhando para outras brasileiras. Nós, do Reino Literário BR, deixaremos algumas obras espalhadas pelo metrô carioca essa semana. Fique atento se você vir algum livro deixado em algum banco do metrô, é provável que tenha sido deixado por um membro da nossa equipe.Se você encontrar um deles, poste uma foto segurando o livro e envie para a gente! Poste no Instagram com as hashtags #euamoler, #reinoliterariobr e #esqueçaumlivro.

O mais bacana nesse projeto-tão simples de ser executado-é que ele proporciona que os livros cheguem até pessoas sem condições de comprá-los. É um bom momento para praticar o desapego, selecionar algumas obras que não iremos reler e procurarmos bons lugares onde outras pessoas poderão fazer uso deles.E torcer para que quem os encontre faça bom uso. E que essa corrente do bem se espalhe, disseminando a cultura por aí!


3 comentários

  1. AIIIIIIII MEU DEUS, QUE AMOR! Sério, se o mundo fosse mais altruísta e fizesse mais coisas sem intenção de retorno monetário, estaríamos muito mais em paz. Bela atitude, bela intenção , belo tudo! Parabéns!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá Paula,
      É necessário dar exemplos! Mais altruísmo, sem esperar nada em troca! Por quê não faz o mesmo na sua cidade ? Aliás, de qual cidade vc é ?
      Bjos de luz

      Excluir
  2. Oi Clara!
    Essa campanha é maravilhosa!
    Pretendo em breve deixar um também para ser "adotado".
    Beijos

    ResponderExcluir