30 março 2017

[Resenha] Do que você tem medo?


VOCÊ PODE VENCER O MEDO! 
TODOS TEMOS MEDO DE ALGO, seja do fracasso, sucesso, solidão, multidão, morte, vida. A lista é interminável. Ninguém está imune ao medo. O medo assombra os fracos e os fortes, os jovens e os velhos, os pobres e os ricos. É o elemento que nos coloca a todos no mesmo nível. 
Alguns medos assaltam-nos apenas momentaneamente, passando quase tão rapidamente quanto surgem. Mas outros nos atacam por toda a vida. Instalam-se na mente aniquilando todo senso de segurança e, por vezes, chegam a assumir o controle da vida. 
Mas não tenha medo! 
Há esperança. 
Em Do que Você tem Medo? David Jeremiah Identifica e explica o que está no cerne de nove de nossos maiores medos e estabelece um plano bíblico para vencer cada um deles. Examina também um determinado medo que deve fazer parte de nossa vida diária: o temor de Deus.

O que eu achei? 
Este é mais um dos livros que tive o prazer de ganhar na Aliança de Blogueiros. Lá eu tive a chance de ver o trabalho da CPAD (Casa Publicadora da Assembléia de Deus) e comecei a ver que o trabalho ia muito mais além do que pregar uma religião. Um ótimo exemplo disso é o livro de David Jeremiah. 

Aqui ele trabalha muito a questão de que os nosso medos vêm à tona quando temos a falta da fé. Independente da sua religião/crença, vale para tudo. Se você não acredita que pode fazer aquilo, não adianta. Não vai acontecer. E o pastor consegue desenvolver isso muito bem. Apesar de não ser fã de livros de auto ajuda, confesso que amei ele ter parado em minhas mãos de alguma forma.

Jeremiah trabalha a questão do medo em volta de dez formas do sentimento se manifestar, que são: Depressão, morte, solidão, derrotas, perigos, desaprovação, enfermidades, dívidas, tragédias e divindades. Sendo a última relacionada ao temos a Deus, você encontra o forte discurso do cristianismo em cima do tema. 

Pode ser algo bom ou ruim para você. Se você fizer como eu, decidir absorver aquilo além das visões que você tem padronizadas sobre a religião, com certeza terá 100% de aproveitamento da lição que o pastor dá. Agora, também não adianta você fechar os olhos e agir de forma ignorante com os ensinamentos. 

Sei que é controverso falarmos sobre um livro ligado ao cristianismo aqui no blog, logo nestes tempos onde debatemos assuntos que a doutrina acusa como um mal. Temos que ir além disso, ao mesmo tempo que discordamos, temos que passar a analisar, também, esses temas como um ensinamento. Tudo tem seus prós e contras, e se formos extremistas com tudo a nossa frente, acabamos não vivendo. 

Falei isso tudo, porque sabemos que alguns devem torcer seus narizes para este tipo de livro. Entendam que ele é algo muito maior do que isso tudo, e que ele está aqui para ajudar. 

Enfim, é uma leitura muito objetiva e leve, que você consegue ler sem qualquer problema. Super recomendo! 

5 comentários

  1. Oi Sergio
    Concordo com tudo que disse, na verdade acho que todos o livros tem algo a nos ensinar. Não sou evangélica mas achei muito legal esse livro e me interessei bastante. Principalmente pela divisão das formas que o medo se manifesta.
    Beijos

    ResponderExcluir
  2. Independente da religião de cada um,se o livro nos trás algum aprendizado,vale muito à pena!
    Medos todos temos.Alguns nos paralisam...E acredito que é preciso ter fé, e acreditar
    que tudo vai dar certo e melhorar.

    Bjs.

    ResponderExcluir
  3. Olá Sérgio!
    Embora o livro esteja relacionado a uma doutrina, assuntos como o medo e a fé fazem parte de todo ser humano independente de suas crenças religiosas. É realmente um livro válido para qualquer pessoa.
    Abraços!

    ResponderExcluir
  4. Sergio!
    Acredito que toda leitura 'evangilizadora' é importante, desde que não seja doutrinadora e nos permita escolher o que e a quem seguir.
    Dito isso terei de discordar um pouco do conteúdo do livro, porque ter crença e fé, não quer dizer que tudo será resolvido da melhor forma e que nossos medos 'sumirão' como que por milagre, mas concordo que o temor a Deus e a fé Nele, auxiliam e muito.
    “Não há nada bom nem mau a não ser estas duas coisas: a sabedoria que é um bem e a ignorância que é um mal.” (Platão)
    cheirinhos
    Rudy

    ResponderExcluir
  5. eu concordo contigo, mas tudo que mexe com a questão de religião realmente no meu ponto de vista tem que ter mais cuidado. pois como você mesmo disse é uma questão de fé. e fé não dá para ser explicada, eu não diria que leria esse livro, pois já li alguns (muitos) nessa linha e tem várias coisas que eu não concordo, mas como você mesmo disse estamos aqui para discutir e tentar apresentar outras formas de vê as coisas

    ResponderExcluir