15 julho 2017

[News] Mostra de filmes de David Bowie na Caixa Cultural do Rio



A mostra O homem que caiu na Terra faz um tributo à Bowie, considerado um dos maiores músicos de todos os tempos e falecido ano passado. A exibição conta com filmes que marcaram época, como Eu Christiane F, 13 anos, drogada e prostituída, Labirito:A magia do Tempo, os clássicos de David Lynch Twin Peaks:o desaparecimento de Laura Palmer e Twin Peaks-The missing pieces. 

A estreia ocorreu na terça com a exibição de O homem que caiu na terra (1976) que conta a história de um alienígena que aterrissa no nosso planeta e decide vender sua tecnologia aos terráqueos e acaba se apaixonando por uma. Durante todo o mês de julho, serão exibidas obras marcantes da carreira do músico e cineasta, seguidos de debates e discussões.Durante seus quase cinquenta anos de carreira, Bowie criou obras-primas não apenas na música mas também na sétima arte, ao quebrar paradigmas. A Caixa Cultural fica na Avenida Almirante Barroso, 25, Centro, Rio de Janeiro. A lotação é de 80 lugares. Os ingressos custam 4 a inteira e 2 a meia, lembrando que além dos casos previstos em lei, clientes CAIXA pagam meia.As bilheterias funcionam de terça a domingo, de 10 às 20 horas.Há acesso para pessoas com deficiência. O telefone da Caixa Cultural é 3980-3815.
Programação oficial:

11 de julho (terça-feira)
18h30 – Sessão de abertura: O homem que caiu na terra (1976), de Nicolas Roeg, Reino Unido, 138 min, 14 anos

12 de julho (quarta-feira)
16h - Apenas um Gigolô (1978), de David Hemmings, Alemanha Ocidental, 100 min, 14 anos
18h30 - Ciclo de debates sobre gênero e sexualidade
Tema 1 – A quebra contemporânea da divisão binária dos papeis sexuais, com a Dra. Carina Tomaz e Bárbara Aires

13 de julho (quinta-feira)
16h - Médias e curtas:
The image (1969), de Michael Armstrong, Reino Unido, 13 min, 18 anos;
Pierrot in turquoise or the looking glass murders (1970), de Brian Mahoney, Reino Unido, 27 min, 18 anos;
Jazzin' for blue jean (1984), de Julien Temple, Reino Unido, 20 min, 12 anos;
Empty (2000), de Tony Oursler, EUA, 4 min, 18 anos
18h - A última tentação de Cristo (1988), de Martin Scorsese, EUA/Canadá, 164 min, 14 anos

14 de julho (sexta-feira)
16h - Absolute beginners (1986), de Julien Temple, Reino Unido, 108 min, 14 anos
18h30 - Debate Fama, reality shows e ultra exposição, com Pedro de Luna e João Marcio Dias

15 de julho (sábado)
14h - Oficina de maquiagem criativa e figurino, com Raphael Jacques
16h - The snowman (1982), de Diane Jackson, Reino Unido, 26 min, Livre;
O pirata da barba amarela (1983), de Mel Damski, Reino Unido, 96 min, 12 anos
18h30 - Everybody loves sunshine (B.U.S.T.E.D.) (1999), de Andrew Goth, Reino Unido, 97 min, 16 anos.

16 de julho (domingo)
16h - Labirinto - A magia do tempo (1986), de Jim Henson, EUA/Reino Unido, 101 min, 12 anos
18h30 - Furyo, em nome da honra (1983), de Nagisa Oshima, Reino Unido/Japão/ Nova Zelândia, 123 min, 14 anos

18 de julho (terça-feira)
16h - Twin Peaks - The missing pieces (2014), de David Lynch, EUA/França, 92 min, 18 anos
18h30 - Twin Peaks - Os últimos dias de Laura Palmer (1992), de David Lynch, 135 min, 18 anos

19 de julho (quarta-feira)
16h - Os soldados virgens (1969), de John Dexter, Reino Unido, 95 min, 16 anos
18h30 - Ciclo de debates sobre gênero e sexualidade
Tema 2 - A sexualidade em trânsito, na mão contrária do conservadorismo, com Letícia Barbosa e Tyaro Maia

20 de julho (quinta-feira)
16h - Um romance muito perigoso (1985), de John Landis, EUA, 115 min, 14 anos
18h30 - Romance por interesse (1991), de Richard Shepard, EUA, 98 min, 14 anos

21 de julho (sexta-feira)
16h - Médias e curtas:
The image (1969), de Michael Armstrong, Reino Unido, 13 min, 18 anos
Pierrot in turquoise or the looking glass murders (1970), de Brian Mahoney, Reino Unido, 27 min, 18 anos
Jazzin' for blue jean (1984), de Julien Temple, Reino Unido, 20 min, 12 anos
Empty (2000), de Tony Oursler, EUA, 4 min, 18 anos
18h30 - Debate Estilo vanguardista de Bowie, com Carol Althaller e Carol Rabello

22 de julho (sábado)
16h - Labirinto - A magia do tempo (1986), de Jim Henson, EUA/Reino Unido, 101 min, 12 anos
18h30 - O segredo de Mr. Rice (2000), de Nicholas Kendall, Canadá, 113 min, 12 anos

23 de julho (domingo)
16h - The snowman (1982), de Diane Jackson, Reino Unido, 26 min, Livre;
Arthur e os Minimoys (2006), de Luc Besson, França, 104 min, Livre
18h30 - O pirata da barba amarela (1983), de Mel Damski, Reino Unido, 96 min, 12 anos

25 de julho (terça-feira)
16h - Il mio west (1998), de Giovanni Veronesi, Itália, 95 min, 14 anos
18h30 - Apenas um Gigolô (1978), de David Hemmings, Alemanha Ocidental, 100 min, 14 anos

26 de julho (quarta-feira)
16h - Fome de viver (1983), de Tony Scott, Reino Unido/EUA, 1983, 97 min, 18 anos
18h30 - Ciclo de debates sobre gênero e sexualidade
Tema 3 - A exposição como forma de luta pelo direito ao corpo e à liberdade de expressão, com Rafaela Monteiro e Jeosane Kim (Xota-K)

27 de julho (quinta-feira)
16h - Baal (1982), de Alan Clarke, Reino Unido, 64 min, 16 anos
18h30 - O grande truque (2006), de Christopher Nolan, EUA/Reino Unido, 130 min, 14 anos

28 de julho (sexta-feira)
16h - Eu, Christiane F., 13 anos, drogada e prostituída (1981), de Uli Edel, Alemanha Ocidental, 138 min, 18 anos
18h30 – Debate Cérebro, Drogas e Rock N'Roll, com Prof. Dr. Erick Conde, Prof. Dr. Tiago Arruda Sanchez e Prof. Dr. Daniel Mograbi

29 de julho (sábado)
16h - Arthur e os Minimoys (2006), de Luc Besson, França, 104 min, Livre
18h30 - Reação colateral (2008), de Austin Chick, EUA, 88 min, 14 anos

30 de julho (domingo)
16h - O segredo de Mr. Rice (2000), de Nicholas Kendall, Canadá, 113 min, 12 anos
18h30 - Basquiat - Traços de uma vida (1996), de Julian Schnabel, EUA, 108 min, 16 anos


11 comentários

  1. Muita coisa boa! Amei e sei que vale a pena conferir.
    Beijos,
    Monólogo de Julieta

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Vale a pena, sim, Paloma! Vai lá e me fala o que achou.

      Excluir
  2. Bem interessante essa mostra de filmes, vou ver se arranjo um tempinho para conferir.
    beijos

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Djamila, vá sim, se puder, é imperdível! Bjs

      Excluir
  3. Sou louca pelo Bowie, até me programei para ir nesse final de semana mas sábado acabei saindo para jantar com minha família.
    Queria MUITO rever esses filmes em uma tela maior. Bowie é DIVO.
    bjos

    ResponderExcluir
  4. Bowie é sempre bom né....alguns desses filmes eu já vi, mas outros eu já fiquei hiper afim de conhecer....

    thebestwordsbr.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Flavia,
      alguns como o Labirinto eu já tinha visto, outros também não. O da estreia, O homem que caiu na Terra, era um que sempre tive vontade de ver mas nunca tive vontade de ver. Bjs

      Excluir
  5. Oi Clara
    Acho super legal essas oportunidades para assistir filmes mais antigos. Aqui em SC não tem este tipo de evento. Com certeza eu iria.
    Beijos

    ResponderExcluir
  6. Amei saber dessa mostra, desses filmes só vi Christiane F e não sabia que ele estava nele!
    Vou tentar ir em algum dia do fds :)

    Bjs
    www.depoisdamoderacao.com

    ResponderExcluir
  7. Opa, estou colocando na minha agenda, estou marcando com o Michel de ir ver no horário das 18h30min. Tá afim de ir também Maisa?

    ResponderExcluir