14 julho 2017

[Resenha] Confissões de um Garoto Tímido, Nerd e (Ligeiramente) apaixonado


Davi está no segundo ano do ensino médio e finalmente tomou coragem para iniciar o curso de astrologia que sempre quis fazer mas nunca teve coragem de admitir, por medo de sofrer preconceitos. Entre signos e mapas astrais, conhece Milena, uma menina incrível, que o deixa encantado com seu jeito apaixonante. Tetê, melhor amiga de Davi, o incentiva a investir no relacionamento, mas vencer a timidez é um desafio para ele. Ajudar Zeca, seu amigo que passa por problemas amorosos, também é uma dificuldade, pois Davi é inexperiente no assunto. No final do primeiro semestre, entretanto, uma novidade causa um rebuliço na turma: Samantha, colega de classe do trio, apresenta Gonçalo, que mora em Portugal e veio passar as férias de verão europeu na casa dela, no Rio de Janeiro. A chegada do estrangeiro tem efeitos inesperados, e Davi e seus amigos passam a lidar com questões que nunca imaginaram ter que enfrentar.

O que eu achei?
Ao Longo dos meus 22 anos, só tinha lido um livro da autora mais famosa entre jovens do Brasil, Thalita Rebouças, então fiquei muitíssimo animada para ler mais um livro dela. O escolhido foi o lançamento da editora Arqueiro, Confissões de um garoto tímido, nerd e (ligeiramente) apaixonado, livro que vem logo após ao Confissões de uma garota excluída, mal-amada e (um pouco) dramática, mas dessa vez vamos conhecer Davi, melhor amigo de Tetê, protagonista do primeiro livro, e que ganhou meu coração.

Davi é um garoto super de boa, daquele tipo que só foca na própria vida, sem se preocupar com namoros e que tem uma vida social beeem parada, ou seja é considerado por muitos como um garoto estranho, mas ele não liga para isso, afinal sabe que não importa o que os outros digam ele sempre poderá contar com seus amigos Zeca e Tetê, com seu irmão Dudu e com sua avó Maria Amélia que deve ser a melhor avó do mundo, sério, ela é incrível. Com todo este apoio ele dá vazão a uma das suas “paixões esquisitas”, ou fora do comum, digamos assim, e começa a estudar astrologia, em busca de conhecer melhor todos a sua volta e principalmente conhecer melhor a si mesmo, e entender o porquê cada um é, como é.

No curso de astrologia, Davi conhece Milena e começa a alimentar sentimentos pela garota, e se sente muito confuso com tudo isso, já que ela foi a primeira a despertar estes sentimentos nele, que não sabe se o que está sentindo é normal ou dentro dos padrões de pessoas apaixonadas, como se existisse algum tipo de guia de como cada pessoa deve sentir, o Davi pensa demais.E O livro segue nesse ritmo de paixão, mas principalmente de amor, mas não é desse amor juvenil que ele se refere, mas sim de amor próprio, aquele que demoramos a desenvolver mas quando finalmente o fazemos é libertador, e é muito bonito acompanhar esse crescimento do Davi.

Um garoto fora dos padrões que precisa aprender que na verdade esse tal de padrão só existe na nossa cabeça, Confissões de um garoto tímido, nerd e (ligeiramente) apaixonado, trás muito mais mensagens do que eu poderia esperar ao abrir o livro, me vi muito no Davi, naquela aflição adolescente de ser igual a todo mundo, e do que todos vão achar se eu de fato der vazão ao que eu amo, mas que a maioria acha estranho, no meu caso, ler por prazer era a maior esquisitice, pro Davi falar, e entender sobre signos é o que o torna esquisito, e as vezes demora, mas no final das contas entendemos que enquanto fizermos o que amamos e formos sinceros com nós mesmos, com as nossas verdades, está tudo bem. Este livro é indicado para todos aqueles que já se sentiram esquisitos, ou tiveram medo de ser quem são, com medo da reprovação alheia, ou seja, é um livro pra todo mundo.


4 comentários

  1. O ser humano sempre tem medo da reprovação da sociedade. Por isso, acredito que esse livro deve ser para todos mesmo. Todo mundo tem algo que é estranho para todo mundo, mas super normal para si mesmo.
    Beijos,
    Monólogo de Julieta

    ResponderExcluir
  2. Oi Mayara!
    Ao que parece um leitura bem leve e fluída. Ainda acho muito adolescente porém achei bem interessante o enredo.
    Beijos

    ResponderExcluir
  3. Oi Mayara!
    Thalita sempre tirando um coringa da manga, não é mesmo?
    Confesso que na série Fala Sério eu torcia um pouco o nariz para o estilo tati bi tati dela mas isso foi só até eu ler um de seus livros (preconceito frívolo e idiota, admito).
    Li o Fala Sério Amiga e só porque tinha comprado para minha sobrinha e acabei pagando a língua. E a cada lançamento dela vejo o quanto ela se supera.
    Parabéns pela resenha.
    Bjus
    Monique - Alfarrábios Literários

    ResponderExcluir
  4. Tenho que confessar que nunca li nada da Thalita, acho que até hoje nada me despertou realmente o interesse, ela é uma fofa....Talvez esse seja uma boa aventura,por se a narrativa de um garoto e pela sua resenha me identifiquei com o jovem Davi.
    Parabéns Mayara!
    bjus

    ResponderExcluir