18 maio 2017

[Crítica] Rei Arthur

Arthur (Charlie Hunnam) é um jovem das ruas que controla os becos de Londonium e desconhece sua predestinação até o momento em que entra em contato pela primeira vez com a Excalibur. Desafiado pela espada, ele precisa tomar difíceis decisões, enfrentar seus demônios e aprender a dominar o poder que possui para conseguir, enfim, unir seu povo e partir para a luta contra o tirano Vortigern, que destruiu sua família.


O que eu Achei:
A clássica história de Rei Arthur ganha novos ares no cinema com o filme que estreia nesta quinta (18/05) estrelado por Charlie Hunnam, a lenda inglesa ganha novos personagens, enredo muito complexo e bem construído, incríveis cenas de ação misturadas com magia que o torna um dos melhores filmes do ano.
O filme começa quando o reino que vivia em paz com os magos, sofre um grande ataque de um mago muito ambicioso que queria tomar o reino para si, até que o rei, junto com sua espada excalibu o derrotam, mas claro que a sede de poder nunca se manifesta numa pessoa só, e o rei precisa lidar com a inveja do próprio irmão Vortigern, desta vez a luta é bem mais intensa, já que seu irmão se aliou a grandes forças do mal. Com medo do futuro o rei coloca seu único filho em um barco para fugir e conseguir sobreviver.
Anos depois rei tirano Vortigern está cada vez mais poderoso e com as forças do mal crescendo as do bem se manifestam afim de equilibrar o jogo. A maré baixa e revela uma espada, excalibu, enfincada numa pedra, que só responderá ao rei de nascença, e a caça por quem será ele começa, já que somente ele poderá deter Vortigern.
Enquanto isso Arthur cresceu no subúrbio do reino, criado por prostitutas, conhecendo a malandragem e defendendo as pessoas das injustiças, com isso ganhou alguns inimigos e graças a eles acaba na imensa fila para puxar a espada da pedra, sem entender o porquê daquilo tudo Arthur a puxa, e claro ela reponde a ele com uma grande força. Daí começa a história do nosso herói, que não queria ser herói, e contará com a ajuda de uma maga, aprendiz de Merlin, foras da lei, com alto interesse em derrubar o rei, e antigos amigos, para aceitar quem é, mudar o destino do reino e se tornar uma lenda.
Rei Arthur conta com alta tecnologia em suas cenas, o 3D é absolutamente incrível e torna tudo ainda mais real, cada cena nos deixa mais preso e fascinado com o filme, a cenografia também não deixa nada a desejar, a imersão na idade média e no universo mágico é completa, impossível não sair completamente extasiado do cinema.
Trailer:

 

 

6 comentários

  1. Já tinha visto o trailer e fiquei bem interessada.
    Adoro filmes cheios de ação. Sem contar que os efeitos especiais estão demais!

    ResponderExcluir
  2. Oi Mayara!!
    Que clipe TOP!! Adoro histórias medievais, e sobre reinados. Lembro bem do desenho Rei Arthur e adorava a história. Pretendo ver o filme <3
    Beijos

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Aichha, vc está falando do desenho A espada era a lei ? Eu amo esse desenho, é um dos meus 5 favoritos da Disney

      Excluir