Novidades

[News] [Programação] Filmes em Destaque no Canal Brasil - 14 a 20 de outubro

RASGA CORAÇÃO (2018) (115’)


Horário: Segunda, dia 14, às 19h30

Direção: Jorge Furtado
Classificação: 16 anos

Sinopse: O longa conta a história de Manguari Pistolão (João Pedro Zappa na juventude e Marco Ricca na maturidade), militante anônimo, que depois de quarenta anos de luta por aquilo que ele considera novo e revolucionário, vê o filho Luca (Chay Suede) acusá-lo de conservador, antiquado, anacrônico. Sem dinheiro para fechar o mês, sofrendo com as dores de uma artrite crônica, e num crescente conflito com Luca, Manguari passa em revista seu passado e se vê repetindo as mesmas atitudes de seu pai. Intercalando fragmentos de vários momentos da vida de Manguari, o filme ilumina quarenta anos da vida política brasileira a partir de uma relação entre pai e filho.
 

O AUTO DA COMPADECIDA (2000) (104’) 


Direção:
Guel Arraes
Classificação: Livre

[Fernanda Montenegro – 90 Anos]

Sinopse: A história é centrada na dupla João Grilo (Matheus Nachtergaele) e Chicó (Selton Mello), dois nordestinos sem eira nem beira que se valem da esperteza de Grilo para sobreviver na dura vida no sertão. A dupla provoca muitas confusões, enganando ricos e poderosos. Como pano de fundo, uma severa crítica às relações díspares entre as camadas sociais, marca registrada das peças de Suassuna.
 

SLAM: VOZ DE LEVANTE (2018) (95’) 


Horário: Quarta, dia 16, às 20h

INÉDITO E EXCLUSIVO
 

Direção: Tatiana Lohmann e Roberta Estrela D’Alva
Classificação: 12 anos

[É Tudo Verdade]

Sinopse:
Longe das academias de letras, dos versos decassílabos e dos intelectuais engravatados, a poesia encontrou nas ruas uma nova forma de expressão. Na periferia de grandes cidades do mundo como Nova Iorque, Paris e São Paulo, surgiram as batalhas de poetry slam, uma forma performática de trovas com rimas ricas de vivência humana, comumente focadas em acontecimentos do dia a dia. O documentário de Tatiana Lohmann e Roberta Estrela D’Alva adentra o universo underground das disputas de rimas para apresentar esse novo fenômeno cultural que deu o microfone a novos e revolucionários artistas.
 

CONFISSÕES DE ADOLESCENTE – O FILME (2014)(96’)


Horário: Quinta, dia 17, às 20h20

ESTREIA

Direção:
Daniel Filho e Cris D’Amato
Classificação: 14 anos

Sinopse: Paulo (Cassio Gabus Mendes) enfrenta dificuldades para sustentar as filhas Tina (Sophia Abrahão), Bianca (Bella Camero), Alice (Malu Rodrigues) e Karina (Clara Tiezzi). Para evitar deixarem a casa na Barra da Tijuca, zona oeste do Rio de Janeiro, as irmãs se comprometem a cortar custos e ajudar em tarefas domésticas. Em meio à crise financeira, elas ainda precisam lidar com os típicos dilemas da adolescência, cada uma com uma questão distinta. Tina se esforça para conseguir o primeiro estágio; Bianca tem uma relação misteriosa com um namorado nunca apresentado; Alice lida com a ansiedade da perda da virgindade e Karina se vê às voltas com o primeiro beijo. Com tantos problemas, elas precisarão se manter juntas para superar esse turbulento momento.
 

10 SEGUNDOS PARA VENCER (2018) (115’)

 
Horário: Sexta, dia 18, às 23h05

INÉDITO e EXCLUSIVO

Direção:
José Alvarenga Jr.
Classificação: 14 anos

Sinopse: O paulistano Eder Jofre (Daniel de Oliveira) viveu desde criança entre as cordas dos ringues de boxe. Filho do respeitado pugilista argentino Kid Jofre (Osmar Prado), passou boa parte de sua infância assistindo aos treinamentos do pai e desferindo socos na tímida academia da família, onde o brigão Antonio Zumbano (Ricardo Gelli), estrela em ascensão no esporte, também trocava ganchos, cruzados e diretos. O talento do homem, no entanto, era inversamente proporcional ao seu comprometimento e, após mais uma confusão em um bar do bairro do Peruche, em São Paulo, o atleta morre, vítima de uma garrafada. O “galinho de ouro”, então, como o principal boxeador do centro de esportes e, com grande determinação e uma cobrança imparável do pai, começa a despontar como um talento da nobre arte. O filme percorre a vitoriosa carreira do peso-galo nos ringues mundo afora, adicionando pitadas de drama familiar a cada duelo.
 

A LUTA DO SÉCULO (2018) (78’) 


Horário: Sábado, dia 19, às 20h35

Direção: Sérgio Machado
Classificação: 12 anos

Sinopse: Vencedor do prêmio de Melhor Documentário do Festival do Rio de 2016, o filme de Sérgio Machado conta a história de ascensão e queda de dois boxeadores que foram ídolos do esporte na década de 1990: o pernambucano Luciano “Todo Duro” e o baiano Reginaldo “Holyfield”. Com uma lendária rivalidade, os lutadores colocaram seus estados em pé de guerra durante o período em que disputaram seis lutas e obtiveram três vitórias cada um. O longa mostra a última luta entre os dois inimigos que resolveram, durante as filmagens e já com mais de 50 anos de idade, se enfrentar novamente.

TINTA BRUTA (2018) (118’) 



Horário:
Domingo, dia 20, às 22h15

Direção: Filipe Matzembacher e Marcio Reolon
Classificação: 18 anos

Sinopse: O introspectivo Pedro (Shico Menegat) vive um momento complicado. Ele responde a um processo criminal ao mesmo tempo em que precisa se despedir da irmã, Luiza (Guega Pacheco), sua única amiga, que está de mudança de Porto Alegre para Salvador. Como forma de catarse, ele assume o codinome GarotoNeon e passa a se apresentar anonimamente na internet dançando nu na escuridão do seu quarto, coberto apenas por uma tinta fluorescente. 






Nenhum comentário