13 março 2017

[Resenha] Fantasma


Quando um assalto a um cassino em Atlantic City dá errado, Marcus Hayes, um importante chefe do crime internacional, não tem outra escolha a não ser convocar Jack. Especialista em consertar cenas de crime, o homem que ocasionalmente é chamado de Jack pode ser considerado um fantasma. Sua identidade é um completo mistério, e até mesmo sua verdadeira aparência é desconhecida. Um criminoso que só faz o que quer e com quem é quase impossível entrar em contato.



O que eu achei?
A mente de Jack pertence ao mais alto patamar de criminosos que se conhece: meticuloso ao extremo, cuidadoso, e invisível. Ele é um Fantasma, um criminoso especialista em falsificações de identidade e mestre na arte do disfarce.

Jack é contratado por Marcus, com quem trabalho anos antes, e a quem deve um favor. Jack precisa recuperar todo o dinheiro roubado de um cassino, num assalto que deu errado em muitos níveis. Com o perigo de perder todo o dinheiro roubado e sofrer retaliações de vários lados, Jack tem que correr contra o tempo para encontrar o único assaltante sobrevivente e recuperar todo o dinheiro antes que o tempo se esgote.

Um thriller de tirar o fôlego, é o que o livro de estreia de Roger Hobbs. Escrito em primeira pessoa, seguimos os passos de Jack, visitando o passado – seu primeiro trabalho com Marucs, que dera errado por culpa de Jack –, e o presente – o acerto de contas deles dois. 
A narrativa é excelente, perfeita em todos os aspectos, com cargas pesadíssimas de suspense a todo o instante, tornando a leitura envolvente e viciante do início ao fim. Jack foi primorosamente construído, com uma personalidade ácida e atitudes imperativas, absolutamente convincentes, tornando-o um sádico admirável (digamos assim).

Tratando-se de um protagonista bandido, temos contato com pontos detalhados minuciosamente de sua mente criminosa, tal como regras e métodos utilizados em seus “trabalhos”. Destrinchamos como sua mente trabalha e temos detalhes de absolutamente tudo o que envolve sua jornada. É como ler um livro onde a polícia segue pistas em busca de um criminoso, sendo que nesse livro, é um criminoso trabalhando para outro e sendo perseguido por mais um. Vemos como uma mente criminosa funciona; como pensa, planeja e executa tudo nos mínimos detalhes de forma verossímil, desde detalhes armamentista, planejamentos e condutas pré e pós assaltos. Jack tem que lidar com o seu contratante, com quem tem uma dívida do passado; com um bandido que está em seu pescoço, seguindo cada passo, e com uma agente da FBI que também está em seu rastro –, e um dispositivo programado para explodir em 48 horas e destruir todo o dinheiro roubado do cassino, e nenhum desses pontos ficam soltos, em momento algum da história. Todos são cuidadosamente costurados.

Além das personagens marcantes e fortes, um dos pontos mais interessantes são as reviravoltas da trama. De modo único, numa atmosfera sombria e inquietante, o autor consegue surpreender qualquer leitor com suas reviravoltas, não apenas nas situações em que se encontram as personagens, mas elas próprias se encontram, muitas vezes, numa sinuca de bicos, quase que às cegas, sem saber em quem confiar. E ainda, com tantos olhos sobre si, Jack precisa decidir o que fará com o dinheiro.
O final foi muito bom, apesar de um pouco previsível e comum, mas não tirou o brilho dessa história tão bem construída.
Para quem gosta de personagens sórdidos, sombrios, macabros, traições e muitas – muitas! – reviravoltas e jogo de poder entre criminosos, esse livro, sem sombra de dúvidas, é uma obra imperdível.


11 comentários

  1. Olá Irlan,
    Adoro livros com reviravoltas, e pelo jeitos este esta cheio. Fora que realmente são muito fatores envolvidos, um criminoso perseguindo um criminoso e fugindo de outro.. Ufa! Muita ação e diríamos que tem pegada de filme ;)
    Beijos
    Aichha Carolina Pereira
    aichha_carolina_p@hotmail.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Eu iria AMAR ver um filme desse livro (juro que eu só pensava nisso enquanto lia kk)

      Excluir
  2. Irian!
    Faz tempo que não leio um bom thriller no estilo e fiquei bem empolgada porque falou que há reviravoltas no precursor e o melhor, podemos conhecer a mente pervertida de um mestre da maldade e ainda que consegue se manter incógnito, deve ser um livro eletrizante.
    “Não confunda jamais conhecimento com sabedoria. Um o ajuda a ganhar a vida; o outro a construir uma vida.” (Sandra Carey)
    cheirinhos
    Rudy
    http://rudynalva-alegriadevivereamaroquebom.blogspot.com.br/
    TOP Comentarista de MARÇO, livros + KIT DE PAPELARIA e 3 ganhadores, participem!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Eletrizante é a palavra perfeita para ele. Uma leitura otima pra quem gosta do genero

      Excluir
  3. Como adoro um bom suspense,cheio de ação e ainda repleto de reviravoltas,não tem como não desejar ler esse livro.
    Me parece uma trama densa,mas muito interessante!

    janaina silva
    silvajanaina576@gmail.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Então corra pra ler esse livro o mais rápido possível. Creio que não irá se arrepender

      Excluir
  4. eu adoro thrillers e amei saber que tem muitas reviravoltas!!!
    tá o personagem é macabro? faz parte do jogo. sem falar que pelo jeito é uma história plausivel
    parece ser do tipo de livro que você ler de uma vez só
    colocar na minha lista
    obrigada pela dica

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Vou confessar: fazia tempos que eu não gostava tanto de um protagonista quanto gostei desse.
      espero que aproveite muito a leitura

      Excluir
  5. Sabe que eu tenho um toque nervoso contra livros que começam te deixando tipo " nossa cara, que livro" é o final não foi tudo isso que se esperava é como se o escritor quebrasse um contrato com o leitor mas deixando isso de lado estou meio chocada de não ter visto esse livro, eu acompanho bastante a intrínseca. Esse tipo de livro não faz meu tipo mas acho que vale a pena dar um chance. Obrigada pela resenha.

    ResponderExcluir
  6. Olá Irlan!
    Adoro thrillers cheios de suspense e com um protagonista bem construído, ainda mais quando esse tem aspectos macabros e sombrios. Espero poder ler essa história fantástica em breve!

    ResponderExcluir