21 fevereiro 2017

[Resenha] Entre Nós – Mais além da Escuridão 1


“Entre Nós” é o primeiro livro da série “Mais Além da Escuridão”, dos escritores Johnatan Souza e Cátia Mourão. A saga tem como personagens centrais os vampiros Donovan Hunter, Carlie Marie e o anjo caído Johnatan Fallen. No primeiro livro, Carlie, que vive sob a proteção de Donovan desde sua conversão, conhece Johnatan, quando Donovan se ausenta em uma viagem e se apaixona pelo anjo dando início a um romance turbulento, cheio de intrigas e ciúmes. Com o retorno de Donovan ela se vê dividida entre o vampiro que é sua única família há quase um século e o anjo caído com quem ela descobre o amor. Os conflitos gerados nesse triângulo e o retorno inesperado de antigos inimigos de Donovan vão gerar problemas que colocarão sua existência e a de seus amigos em risco. Batalhas, paixão, segredos revelados e novos personagens que surgem inesperadamente dão a tônica dessa nova série da literatura fantástica.


O que eu Achei?
Quem é fã de literatura nacional certamente já ouviu falar da autora Catia Mourão, sempre muito ativa e participativa em suas redes sociais, ela se juntou com o jovem autor Johnatan Souza para criar a série que reúne vampiros e anjos, divide os fãs nos times Donlie e Johnlie e desperta muita curiosidade naqueles que ainda não leram. Então bora conhecer um pouco mais desta saga.
Acompanhamos a história de Carlie Marie uma jovem vampira que tem seus passos metodicamente cuidados pelo seu tutor Donovan Hunter, um vampiro sexy e muito misterioso. No começo da nossa história ele está viajando e Carlie está solta alegre e contente por São Paulo, ela só não contava que um dos inimigos declarados dos vampiros, fosse se aproximar dela, muito menos com uma conotação romântica, e é justamente o que acontece. O anjo John se aproxima de Carlie para assumir o papel de Donovan em protege-la e revelar coisas que seu tutor esconde delas.
Quando Donovan volta de viagem a história pega fogo, o que começa com uma disputa amorosa se torna uma batalha épica com muito mais fatores e pessoas envolvidas do que qualquer um deles poderiam imaginar, principalmente Carlie. A mocinha se vê perdida, sem saber em quem confiar, com quem ficar, afinal nesta saga nenhum mocinho é completamente bom e inocente, e os vilões tem motivações desconhecidas por trás dos seus atos, que podem ser muito mais profundas do que parecem.
Este primeiro volume tem como principal função introduzir a saga que promete muito mais complexidade nos outros livros, por que sendo bem sincera este livro se encaixa no meio termo, nem bom, nem ruim, mas que pelo tanto que ouço falar deve ter uma grande evolução no enredo que nos é apresentado agora.Por mais que o vampiro e o anjo nos prendam nas páginas a mocinha é um tanto irritante e estou torcendo muito, por uma mudança e amadurecimento da parte dela.

Apesar dos pontos citados acima um dos principais pontos positivos do livro é a mistura do universo vampiresco com o angelical, não lembro de ter visto nada assim no mercado nacional, os autores conseguiram sustentar bem a junção das duas mitologias, sem confundir o leitor, mas preservando o ar misterioso característico de cada personagem, assim a Saga Mais Além da Escuridão agrada a todos os gostos de quem curte fantasia.

Um comentário

  1. Mayara, já li alguns comentários sobre esse livro, e até que tenho vontade de lê-lo.
    Uma disputa entre anjos e vampiros, não é uma novidade. Mas como adoro temas ligados aos dois universos, fiquei curiosa.

    E esse triângulo amoroso, promete.

    ResponderExcluir