23 maio 2017

[Crítica] O Hóspede

Um dia, o soldado David chega à casa da família Peterson. Ele diz ser amigo do filho dos Peterson, morto em combate,e logo é acolhido neste lar. Aos poucos, no entanto, uma série de mortes começam a acontecer entre os membros da família.                                                                                                                                                                                                                                                                                                
O que eu achei?
Ainda de luto pela perda de seu filho Caleb, a família Petersen recebe a visita de David Collins (Dan Stevens, a Fera de A bela e a fera) um soldado veterano da Guerra do Afeganistão que se diz amigo de Caleb. Os pais dele, Laura (Sheila Kelley, de NCIS) e Spencer (Leland Orser, de Busca Implacável 2 e 3) e seus outros filhos, Anna (Maika Monroe de The Bling Ring) e Luke (Brendan Meyer de The OA) o acolhem. O único membro da família a desconfiar das verdadeiras intenções de David é Anna, que tenta convencer seu irmão que há algo errado com ele mas Luke não lhe dá ouvidos e faz amizade com David que fica hospedado em seu quarto.

As confusões começam quando Luke volta da escola com um olho roxo e com a ajuda do garoto, David segue os garotos responsáveis até um bar e os humilha em uma luta. Usando seus conhecimentos da lei, David chantageia o dono do bar para não contar para ninguém o que aconteceu. No dia seguinte, ele vai a uma festa com Anna e salva a amiga dela, Kristen, do ex-namorado e faz sexo com Kristen e pergunta como pode fazer para comprar armas com Craig, amigo de Anna. No caminho de volta para casa, Anne se oferece para fazer um CD de músicas para David.

David ensina algumas táticas de auto-defesa para Luke e dá sua faca borboleta de presente para o garoto. Quando ele vai comprar armas com Craig e seus comparsas, ele os mata com granadas. Á essa altura, Anna já está mais do que desconfiada que tenha algo errado e liga para a base militar para interrogar sobre David Collins:ela fica surpresa ao saber que ele morreu em uma explosão uma semana atrás. A ligação de Anna alerta uma organização secreta liderada pelo Major Carver (Lance Reddick de A escuta e De volta ao jogo) que reúne um time para capturar David.

Enquanto isso, Luke se envolver uma briga na escola por ser chamado de ´´faggot´´ (uma gíria para viadinho) e vai parar no gabinete do diretor que quer expulsá-lo. A mãe de Luke é convocada e David se oferece para ir e manipula o diretor a dar apenas um mês de detenção para o garoto. Luke conta para David confidencialmente que Anna desconfia que ele seja o responsável pelas mortes dos últimos dias. O time do Major Carver chega quando eles estão tirando a roupa da máquina de lavar e David mata Laura e foge.

Enquanto David dirige, ele acaba batendo seu carro no de Spencer que morre na hora. Major Carver conta para Luke e Anna que David fez parte de um teste para criar o soldado perfeito;sua mente foi programada para matar qualquer um que possa comprometer sua identidade. Eles partem em encalço de David. O filme tem um enredo característico dos filmes de ação e é dos bons, daqueles que prendem sua atenção, A trilha sonora é bem oitentista, me agradou, embora eu seja uma criança dos anos 90, curto várias bandas dos 80s. Recomendo.

PS:Espero não ter sido a única a tomar um susto com a cena quando David sai do banho com a toalha enrolada e podemos admirar Dan Stevens sem camisa!

Trailer: 



2 comentários