06 fevereiro 2017

[Crítica] Aliados


Em uma missão para eliminar um embaixador nazista em Casablanca, no Marrocos, os espiões Max Vatan (Brad Pitt) e Marianne Beausejour (Marion Cotillard) se apaixonam perdidamente e decidem se casar. Os problemas começam anos depois, com suspeitas sobre uma conexão entre Marianne e os alemães. Intrigado, Max decide investigar o passado da companheira e os dias de felicidade do casal vão por água abaixo.





O que eu achei? 
Pense num filme misturando guerra, amor e muita ação... Pensou? Então conheça Aliados, um filme estrelado por Brad Pitt, que faz um papel encantador de um espião que terá como sua próxima missão interpretar um marido apaixonado pela personagem da super talentosa Marion Cotillard.

Assim que pousa em Casablanca, Max conhece Marianne uma agente que vai atuar com ele, ele terão que invadir  uma festa e matar um dos embaixadores da causa "Hitleriana". 
Para conseguir que seu plano funcione perfeitamente bem, ele vão atuar lado a lado como marido e mulher, viverão na mesma casa e terão que interagir com muitas outras pessoas para serem convidados para tal festa.
Como tudo deveria ser, eles conseguem ser convidados para a festa, e Marianne propõe que eles se relacionem fisicamente, enquanto Max acha melhor não se envolverem; mas após uma tempestade de areia enfim ele se rende aos encantos de Marianne.

Após conseguirem efetuar seu plano e atingir o alvo, Max sente que deve levar Marianne com ele para América e tentar um relacionamento. Assim que chegam na América, Max e Marianne se casam e a vida deles começa  ter enfim um "que" de normalidade. Ambos parecem realmente apaixonados até que um dia Max é chamado para seu batalhão onde trabalha fazendo serviços burocráticos num escritório, logo descobrirá que sua esposa está sendo investigada por ser uma espiã alemã. A partir deste momento, Max ficará confuso e imaginando se udo afinal não passou de uma armação: seu casamento e até mesmo o fruto de seu amor. 

Max moverá céus e Terra para descobrir se Marianne é ou não uma espiã. Começa a fazer pesquisas e até mesmo "burlar" o sistema para saber se foi enganado. 
A partir deste momento qualquer palavra será spoiler e vocês irão me matar. Mas o filme é encantador e tem um charme incrível com suas locações e visual bucólico. Certamente vocês irão se encantar!


Trailer:




Nenhum comentário

Postar um comentário