21 julho 2016

[Crítica] Life

Sinopse:
Às vésperas do lançamento do filme "Vidas Amargas" (1955), James Dean (Dane DeHaan) ainda não é um ator famoso. Os estúdios têm grandes planos para transformá-lo em um astro, mas ele não se sente à vontade com a vida de festas, eventos e autógrafos. O fotógrafo Dennis Stock (Robert Pattinson), apostando no sucesso iminente de James Dean, pede para fotografá-lo em um ensaio para a revista Life, mas recebe apenas respostas negativas. Um dia, para fugir da promoção de "Vidas Amargas", Dean esconde-se na fazenda de sua família, e leva o novo amigo Stock junto dele. Neste local, o fotógrafo registra as imagens mais famosas de toda a carreira do ator.   
O que eu achei?
Para fãs de Pattinson, o filme é maravilhoso, pois conta história de Jaames Dean através dos olhos de Dennis, personagem de Pattinson, obviamente sempre iremos nos maravilhar com ele desde o início do filme.
Dennis é um fotógrafo pouco conhecido na indústria de filmes e fotográfica, mas vive em busca de novos rostos ou matérias, vive num "muquifo" com pouquíssimo conforto e dinheiro. Sua vida se resume em fazer bicos para a revista Life, onde ganha míseros 400 dólares por matéria, incluindo assim sua estadia em algum lugar para fotografar.

Somos apresentados a Jimmy,nosso famoso James Dean, um até então ator de baixa categoria, pouco reconhecido na indústria cinematográfica. Uma das principais características de Jimmy é ser recluso e sempre com um estado letárgico, onde sempre parece não estar presente nos lugares. Acredite ele era assim! 
Dennis descobre Jimmy e insiste em trabalhar com ele, tirar fotos, aproveitando é claro para se promover.

Dean é apresentado a Warner da Warner Bross para atuar no filme Juventude Transviada, onde é informado que deverá ser um bom garoto e assim fazer a vontade da Produtora. Logo percebemos o instinto destrutivo do cara que faz de tudo para não ser legal com ninguém. Mas Dean foge de Los Angeles para Nova York sem informar nada a ninguém,obrigando Dennis a correr atrás de Dean para que seja reconhecido como um fotógrafo de sucesso. Intercalando sua vida pessoal e profissional Dennis terá que lutar tanto por ser reconhecido como pai e fotografo.

Em Nova York Dennis pode conhecer o verdadeiro Dean, um rapaz doce e com talento inegável e aos poucos tornam- se amigos. Dean é retraído e sabe que tem talento demais para Hollywood.
Depois de ter as fotos rejeitadas pela Life, Dennis é idicado a cobrir um filme de Marlon Brandon no Japão,mas ao encontrar com Dean uma última vez,ele descobre que para ser um artista de verdade terá que ir com Dean para Indiana e assim, enfim tirar as fotos deste jovem e promissor ator.
Mas vemos surgir uma amizade linda, onde ambos se respeitam e entendem suas dificuldades. Dennis e Dean se completam e percebemos as sutilezas de ambos papéis,tanto Pattinson como de Danni Dehann encarnam perfeitamente seus personagens.

O filme talvez não tenha o enredo para fazer apaixonar e encantar grandes multidões, mas certamente se for como eu se encantará com o roteiro e a fotografia do filme.

Trailer:


Espero que tenham gostado da crítica.
Deixe- nos um comentário.



Nenhum comentário

Postar um comentário