18 setembro 2016

[Resenha] Quando o amor bater à sua porta

Sinopse:
Ele tem um passado do qual não se lembra. Ela precisa esquecer o seu. Malu Rocha é uma escritora de 29 anos independente, confiante e bem-sucedida. Mora sozinha em São José dos Pinhais, perto de Curitiba, onde mantém uma rotina regrada de pedalar todas as manhãs, escrever e, semanalmente, visitar o avô de 98 anos em uma casa de repouso. Porém sua vida toda controlada sai do eixo quando um homem bate à sua porta e se apresenta como Luiz Otávio Veronezzi, dizendo ter perdido uma reunião marcada com ela. Malu não se lembra do compromisso e sua primeira reação é dispensá-lo. Mas o belo desconhecido insiste, explicando que sofreu um acidente de carro, ficou em coma e perdeu a memória, assim como seus documentos. As únicas coisas que restaram foram um pouco de dinheiro e um papel com o nome e o endereço de Malu, o nome dele e a data da reunião. Luiz confessa que a escritora era sua última esperança para descobrir a própria identidade. O problema é que ela não tem a menor ideia de quem ele seja. Desconfiada, mas sentindo-se responsável pelo acontecido, Malu decide ajudá-lo e embarca em uma jornada para descobrir quem ele é – o que acaba trazendo à tona muitos fatos sobre si mesma, seus medos e segredos mais bem guardados, além de um passado que preferia esquecer. A bela narrativa e a trama que prende do começo ao fim nos convidam a acompanhar Malu e Luiz nessa busca que se transforma em uma história de amor de tirar o fôlego.

O que eu achei?
O livro conta a historia de Malu Rocha, escritora e conhecida por escrever os mais belos romances. A vida ia bem, era reconhecida, competente, cuida de seu corpo, trata de sua mente... até que durante uma entrevista é questionada sobre o que é o amor, sem saber como responder, Malu sente- de acuada......

Um belo dia aparece em sua porta um homem desmemoriado que não lembra de nada, mas por um acaso do destino encontrou um bilhete, onde teve ou teria uma reunião agendada com Malu Rocha e de seu nome Luiz Otávio. Então Malu decide ajudar Luiz de alguma forma, pesquisando ela mesma e pedindo sua assessora Rebeca para ajudá-la no possível. Mas Rebeca é muito desorganizada, mesmo em suas peculiaridades e destreza em mídias sociais e em divulgar Malu, mas certamente ela não é organizada, graças a seu desleixo, não tem nada salvo nem arquivos de e-mail que levem alguma resposta que possa solucionar quem é Luiz Otávio. 
Temos a força de Malu Rocha, uma mulher forte e segura do que quer para si, totalmente metódica, que cumpre suas tarefas diárias: pedalar, ter uma alimentação saudável, visitar o avô num asilo, ir no aeroporto(depois descobri o motivo disso rs) e escrever; em contrapartida temo Luiz Otávio, um homem sem memórias, sem vida, sem "eira nem beira", ainda assim surgirá um algo a mais entre eles.

Sem conseguir solucionar o caso de Luiz Otávio, Malu descobre que ele tem passado por dificuldades e convida- o para trabalhar em sua casa, em troca de comida, trabalho e algum dinheiro para que ele possa voltar para SP, lugar que ele supõe morar. Aos poucos Luiz vai se adentrando na vida de Malu rocha.
Em meio ao caos da vida de Luiz, Malu tem um prazo para entregar seu novo livro, decide escrever algo mais encorajador e que demonstrasse a força da mulher e assim ser diferente de todos finais de seus romances. A convivência com Luiz torna Malu numa mulher ainda mais forte e um belo dia encontra ele sem camisa e começa surgir algo há tempos adormecido em Malu, um desejo, uma vontade, um calor, que nem ela mesmo sabe de onde ter surgido. 

Ao enviar o final do livro para editora, Malu tem seu livro recusado, já que não faz parte dos romances habituais já escritos e são a fórmula do sucesso da escritora. Rebeca informa que Malu terá que ir a SP para gravar um programa de TV, e propõe que Luiz a acompanhe na viagem, já que ela não gosta de aviões e ira de carro. Numa bel noite onde Luiz e Malu conversavam, após mais um dia de tentativas de criar um novo final para seu livro, Luiz prepara um jantar para Malu e logo em seguida temos O BEIJO, sim em letras garrafais, pois foi um senhor beijo, mas que não passou disso, pois Malu se conteve e achou melhor encerrar a noite.
Malu tem seu final rejeitado uma 2ª vez e decide viajar no dia seguinte e se isolar do mundo, mas levando Luiz Otávio junto, já que descobriu que ele é dono de uma fazenda em SP. Ela propõe que ele faça suas investigações de sua vida, enquanto ela finaliza seu livro, e assim seguem rumo a um novo tempo. 
Durante o percurso tudo ocorre perfeitamente bem, até que quando avistam a fazenda eles sofrem um acidente e acabam tendo o carro "sugado" pela represa durante uma tempestade. Ambos saem ilesos, sem ferimentos graves, Malu terá pouquíssimo tempo parar finalizar seu livro e Luiz de se descobrir. Malu se encanta pelo local e sente- se inspirada a escrever e a não desistir de ser feliz. E um amor lindo e amadurecido amor surge entre eles. Onde não contarei muita coisa a partir daqui. 
Certamente a força da personagem e o amor que surge entre Malu e Luiz Otávio são os pontos fortes do livro. Certamente você vai se encantar com o livro e descobrir que o amor pode sim superar tudo. Samanta Holtz é uma escritora eficiente e que consegue nos fazer sentir todas dúvidas e os anseios da personagem, escreve com a solidez de quem sabe o que faz, nos traz uma narrativa detalhada e bem  minuciosa da história de Malu, enfim já estou ansiosa pelo próximo livro.



Espero que tenham gostado da resenha.
Deixe- nos um comentário.


Um comentário

  1. Querida Maisa,

    Que gostoso ler sua opinião sobre a história!! :) Fiquei muito feliz em saber que foi uma leitura tão agradável e que a minha narrativa a agradou tanto!

    Espero que tenha sim a oportunidade de ler todos os meus outros atuais e futuros livros, e que todos a encantem muito!

    Beijo enorme no coração,
    Sam :*

    ResponderExcluir