28 junho 2016

[Resenha] Sedução da Seda

Sinopse:
Talentosa e ambiciosa, a modista Marcelline Noirot é a mais velha das três irmãs proprietárias de um refinado ateliê londrino. E só mesmo seu requinte impecável pode salvar a dama mais malvestida da cidade: lady Clara Fairfax, futura noiva do duque de Clevedon.
Tornar-se a modista de lady Clara significa prestígio instantâneo. Mas, para alcançar esse objetivo, Marcelline primeiro deve convencer o próprio Clevedon, um homem cuja fama de imoralidade é quase tão grande quanto sua fortuna.
O duque se considera um especialista na arte da sedução, mas madame Noirot também tem suas cartas na manga e não hesitará em usá-las. Contudo, o que se inicia como um flerte por interesse pode se tornar uma paixão ardente. E Londres talvez seja pequena demais para conter essas chamas.
Primeiro livro da série As Modistas, Sedução da seda é como um vestido minuciosamente desenhado por Loretta Chase: de cores suaves e românticas em alguns trechos, mas adornado com os detalhes perfeitos para seduzir.


O que eu achei?
Quem me conhece sabe que sempre fui meio muito chata com livros de época. Não sei explicar o motivo, mas sempre tive um pé atrás. Decidi pedi em parceria com a Editora Arqueiro e este livro simplesmente me surpreendeu.
O livro conta a história da família Noir, uma mãe que achava que ia se dar bem na vida ao casar com alguém que tinha posses, um pai que achava que resolveria os problemas de sua família financeiro ao se casar; concluindo ambos eram "pé- rapados". Conforme o tempo passava Sr e Sra Noirot tiveram três filhas  e continuaram a fazer pequenas bandalhas para sobreviver.
Passado alguns anos, somos apresentados a filha mais velha dos Noir: Marcelline, modista estudada e influente em seu meio, utiliza de seus atributos físicos para seduzir e obter tudo o que deseja.
Paralelo a isso somos apresentados a Clara, uma menina que sempre soube que casaria com Clevadon, dada aos luxos e nunca soube o que era passar dificuldades, passa a sua vida aguardando o pedido de casamento Clevadon. Enquanto isso Clevadon está na Europa a três anos farreando e descobrindo o mundo antes do casório, ele é encantador, bonito e perfeito para Clara.
O que ele não contava era que sua vida ia sofrer uma reviravolta ao conhecer Marcelline. Mas Marcelline só tinha um objetivo: seduzir o duque para pode vestir sua futura esposa Clara. Então Marcelline com o maior encanto de todos fez com que durante uma ópera, todos presentes virassem suas cabeças para contemplar seu charme e beleza, sempre com um único alvo em mente: o duque.

Após esta primeira impressão o duque fica totalmente encantado e fascinado por Marcelline. Então tem uma tórrida noite de bebidas e jogos com Marcelline, que mais do que rapidamente corre dos encantos do duque que incrivelmente num único toque balançou todo o seu ser.
Durante 2 dias Cleveland só pensa em Marcelline e pensa que tem que  tê-la pra si, afinal nunca ninguém  o a havia rejeitado. Posteriormente o duque propõe uma aposta de leva la a um baile super requisitado e a dar um beijo caso ele perdesse uma partida de cartas. Mas nos finalmente Marcelline o ganha e pensando sempre a frente topa ir com ele ao baile, quando estão retornando para o hotel há uma paixão, uma inquietação  e de repente nada no mundo faz sentido, a não ser os 2.
Marcelline sobressaltada com o q ocorrera, decide ir embora no mesmo momento, só que não contava que duque seguia seus passos e embarcaria com ela neste navio.
Ao retornar para Londres cada um deverá voltar pra sua vida, Marceline para suas irmãs e filha e Cleveland para seu castelo sozinho. Decididamente Clevadon decide pedir Clara em casamento, tentando assim fugir de seus sentimentos por Marcelline. Mas como Marcelline previra já havia fofoca a respeito dos 2 que foram vistos publicamente em Paris.
Certo dia Clevadon vai até o  ateliê de Marcelline e eles acabam transando, no que por motivos não óbvios sua casa e ateliê pegam fogo e Cleveland decide levar Marcelline e toda sua família para seu castelo. Mas obviamente numa sociedade tão conservadora, logo tudo vai virar do avesso. 
Afinal será a atracão e o tesão suficientes para fazer com que ambos larguem tudo e fiquem juntos?
Então vocês terão que descobrir sozinhos. Acreditem é uma história incrivelmente bem escrita, assim como tem personagens fortes e com opiniões próprias. A escrita de Loretta alterna entre 1ª pessoa de Cleveland, Marcelline e em 3ª pessoa, mas em nada dificulta a leitura, pelo contrário é incrivelmente hábil e que não te permite abandonar a leitura até terminar.

Espero que tenham gostado da resenha.
Deixe- nos um comentário.



Um comentário

  1. estou louca de vontade de ler essa série das modistas. ganhei esse livro e estou esperando chegar <3
    adoro quando aliam moda, romance de época e mocinha empoderadas e a frente de seu tempo.
    beijos

    ResponderExcluir