22 dezembro 2015

[Resenha] A Mulher Que Sabia Tudo

Hoje falarei um pouco sobre o Livro A Mulher Que Sabia Tudo-Santos Costa, este é o primeiro livro que chegou para resenhar da editora parceira Chiado Editora.

Sinopse:(formatação original em Português de Portugal
Um sequestro, um morto, uma mulher bonita e uma estação do metro, são os ingredientes iniciais para um funcionário das Finanças se ver enredado numa teia que nada tem a ver com impostos. Pelo meio, um intrincado naipe de suspeitos de um crime, cujos não formavam um concentrado de bondade, a que não faltou uma frenética busca de luxúria, volúpia e êxtase.
Ao investigar a morte de um rico industrial e de uma tentativa frustrada de assassinato, naturalmente fora do âmbito das suas faculdades profissionais, mas forçado pelas circunstâncias, o trabalhador dos impostos viu-se a interrogar uma série de suspeitos. Teve de recorrer a alguns subterfúgios e outras manhas, que não constam dos compêndios da arte de tributar, e correu o risco de abandonar a cena numa maca do 112.
Tudo começou num dia em que a meteorologia previa céu muito nublado e aguaceiros. Para o nosso técnico fiscal, armado em detective policial, aquele não tinha sido um dos seus dias felizes. Envolvido nesta aventura, o inspetor tributário, expondo o corpinho ao manifesto, podia gabar-se de ter sido parvo uma vez na vida… e foi esta. Parvoíce que o sujeitava a pagar um preço muito alto, com IVA incluído.

O que eu achei?
Num dia nublado um Fiscal de finanças é "atropelado" por uma moça no metrô, que ao invés de parar, o ajudar a levantar e pedir desculpas, foge apavorada como se alguém a tivesse seguindo. Ao chegar a plataforma de embarque ele só vê umas mãos empurrando a moça  em direção aos trilhos em frente a composição. Ele a salva e a leva até sua casa para saber quem esta tentando acabar com a vida da moça e porque. Ela acaba lhe contando que se chama Margarida e que sem querer, acabou sendo testemunha ocular do assassinato de um rico calçadista, que tinha sido sequestrado e depois de receber o resgate os sequestradores o mataram, e agora o mandante do assassinato esta tentando acabar com sua vida.
Então ele fala com seu primo proprietário de uma Editora de Livros e de uma revista, consegue um apartamento emprestado do primo, para poder protegê-la, e enquanto isso ele investiga por conta própria, para descobrir quem tinha interesses na morte do empresário.
Nesta conta todos são suspeitos, a esposa, o irmão, os sócios na empresa, as amantes.
Numa trama  de traições e mentiras, A Mulher Que Sabia Tudo, é um livro bem escrito, com uma narrativa fluída,(embora com a diferença da língua algumas palavras me deixaram perdida rsrsrs), mas em si um livro que li super rápido  e que gostei bastante, (só senti falta do nome do personagem, pois o autor se refere a ele no livro como o  Fiscal de finanças, sem lhe dar um nome.
O livro tem folhas amarelas, letras grandes e bem espaçadas, o que deixa perfeito para a leitura, os capítulos todos começam com um provérbio(algo que achei muito legal), achei que encaixou bem no contexto do livro. Vou deixar aqui em baixo alguns dos provérbios de inicio dos capítulos.















Livro a venda aqui.Livraria Chiado Editora

-> Esta foi minha simples opinião do livro.
Caso, tenha gostado, deixe um comentário e siga o blog.
Beijos.





19 comentários

  1. Oiee ^^
    Ainda não conhecia esse livro, mas por ser de um gênero que eu não curto muito, ele não me chamou a atenção. Fico feliz que você tenha gostado do livro, vou indicar para um amigo que eu acredito que também vai gostar :)
    MilkMilks
    http://shakedepalavras.blogspot.com.br/2015/12/o-ultimo-dos-canalhas.html

    ResponderExcluir
  2. Oi Deise,
    Meninaaaa como você lê rápido hahaha parece que foi ontem que vi você falando da parceria com a Chiado.
    Que bom que você gostou do livro e a leitura fluiu mesmo com as diferenças da língua.
    Não é um livro pra mim, esses suspenses sempre me deixam apreensiva e é um gênero que já não me atrai muito.
    Suspeitos para todo lado deve dar um nó na cabeça hahaha

    Abraço e Bons Livros,
    Biblioteca do Coração❤

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Na verdade estava super curiosa com minha primeira leitura de Portugal que me joguei no livro heheheh...

      Excluir
  3. que resenha linda! Não conhecia o livro ,mas adorei a forma como você retratou ele ♥ ♥ vou procurar sobre!

    Sou nova por aqui e já amei, e estou seguindo. Poderia dar uma olhada no meu blog e se curtir, seguir também? ♥ ♥ Vou amar ver você por lá!

    Maidy, do Dear Maidy
    http://www.dearmaidy.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi querida!
      Obrigada vou visitar seu blog sim e seguir.
      Bjin e até mais...

      Excluir
  4. Olá não conhecia o livro e ele também não chamou minha atenção. Já li em português de Portugal umas 3 vezes e foi muito complicado, talvez por ter sido um clássico e 2 livros do Saramago. Bjs

    ResponderExcluir
  5. OIiie,

    Também tenho parceria com a editora, e estou esperando esse livro para ler e resenha-lo haha Espero gostar e que a leitura possa fluir, apensar de está com medo por causa da língua.

    Bjs

    ♡ Amantes da Leitura

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá confesso que li as primeiras 20 páginas duas vezes para pegar o jeito da língua, mas são poucas palavras diferentes, depois que vc pega o jeito a leitura flui. Espero que você goste da leitura também. Quais livros vc escolheu para resenhar?

      Excluir
  6. Ei Deise!
    Ainda não tinha lido esse livro, nem nenhum com português de Portugal. Confesso que ia gostar bastante de mudar um pouco... Acho que vou tentar!
    bjssss
    http://umavidaliteraria1.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  7. Nossa!
    Adorei sua resenha e premissa do livro.
    E tipo será que consigo entender o Português de Portugal.
    Gostaria de tentar!

    Bjus

    devoreumlivroeoufilme.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Consegue sim , as primeiras paginas talvez vc se confunda com alguma palavra, mas depois vc pega o jeito e a leitura vai de vento em popa..rsrsrs

      Excluir
  8. Oie!
    Pela sinopse achei a linguagem do livro meio estranha. Pensei até que era um escritor de Portugal. E também não gostei de saber do fato que o personagem não tem nome, acho que isso acaba nos afastando da trama ao invés de nos envolvermos...
    Mas a premissa em si me chamou atenção. Adoro um suspense e tramas elaborados.
    A capa também está bonita e bem marcante.
    Abraço
    Camila Bernardini Coelho

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. haha pois é juro que reli a parte onde ele se apresenta a Margarida, para ver se tinha um nome, mas não tem...kkkkkk

      Excluir
  9. Deise, gosto muito dos livros da Chiado porque eles tem um quê de diferente que nos chama atenção.
    Achei a história bem interessante e fiquei mega curiosa para ler.

    Lisossomos

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Pois é, já estou ansiosa pelo próximo que a editora vai enviar. hehehehe

      Excluir
  10. A estória em si não me chamou muita atenção, mas por ser um suspense eu já fico interessada na leitura. Acho que iria adorar, se lesse :D
    Beijos

    ResponderExcluir
  11. Olá Deise,
    Gostei muito da sua resenha, mas o livro não faz meu estilo, não consegui me sentir encantada nem pela capa e nem pela sinopse, duas coisas que fazem com que o livro chegue na minha estante.

    Beijokas

    Paraíso das Ideias

    ResponderExcluir
  12. Oi!
    Não conhecia o livro mas achei a premissa bem interessante e leria com certeza! Acho que o mercado anda meio precisado de livros com boas narrativas, ainda mais nesse estilo.
    Bjs!
    Quem Lê, Sabe Porquê

    ResponderExcluir
  13. Eu nunca conheci esse livro, porém não chamou minha atenção por causa que não gosto desse genero !

    ResponderExcluir