Novidades

[Review] You



Sinopse: Na série original Netflix “Você”, Joe Goldberg (Penn Badgley) é um brilhante e obsessivo nova-iorquino que explora as tecnologias do mundo moderno para conquistar a bela Beck (Elizabeth Lail) enquanto enfrenta as suspeitas cada vez maiores da melhor amiga dela (Shay Mitchell). Joe não vai medir esforços para eliminar qualquer obstáculo em seu caminho — mesmo que isso signifique cometer assassinato. Ambientada na hiperconectada realidade atual, “Você” mostra como somos vulneráveis à manipulação online e também na vida real.

O que eu achei?
Com Penn Badgley e Elizabeth Lail, “You” é um thriller sobre obsessão amorosa, baseado no livro de mesmo nome, da autora Caroline Kepnes, lançado aqui no Brasil pela Editora Rocco. A série, originalmente da Lifetime, será distribuída para nós pela Netflix em Dezembro, em sua primeira temporada, que conta com dez episódios. E sim, já conferimos a temporada completa e viemos trazer um pouco das impressões sobre a produção.
O livro tem pontos muitos interessantes, e isso se da pelo fato de toda história ser basicamente um monologo de Joe, nosso protagonista psicopata obcecado por Beck, uma cliente que apareceu em sua livraria. Ou seja, tudo o que sabemos dele, dela, de todas as pessoas e das atitudes e personalidades de todos nessa história nos é contada pelo Joe, o “vilão”. Somos, então, levados por ele, sem percebermos, passamos a acreditar nele - na verdade, somos basicamente obrigados, se não desafiados, a acreditarmos e torcermos por ele.
Na série, 90% da história é focada na perspectiva de Joe, mas para não criar uma possível monotonia, uma linearidade chata de apenas um personagem em foco, alguns momentos pela perspectiva de Beck foram adicionados a história, principalmente quando envolvem seu relacionamento com sua amiga Peach – que é muito importante para história, quase servindo como um plot-twist. Além disso, a série talvez peque um pouco na hora de pesar a mão na obsessividade de Joe, e ainda na maneira como sua mente funciona, ainda mais quando se trata de manipular seus alvos. A série tem seus pontos de agressão, de tensão, mas falha em mante-los tensos e angustiantes, além de não conseguir empolgar e criar ansiedade e expectativas em momentos chaves da história - o que o livro consegue fazer com maestria.
As atuações estão muito boas, tanto dos nossos protagonistas, quanto dos coadjuvantes – que conseguem dar um charme extra a produção. Mas ainda assim acredito que faltou um pouco de refinamento na dualidade da personalidade de Joe na atuação de Badgley; algo mais bem delimitado nos extremos, e mais tênue no que os separa. A atuação dele é muito boa, mas a diferença entre o romântico e o “monstro” - digamos assim – é sútil, mas não da forma assustadora, que provoca o medo do “não reconhecimento desse lado obscuro”. É mais pro lado do “não me parece muito assustador” - quando, na verdade, deveria. Contudo, a entrega emocional está perfeita, nisso não há o que reclamar. Os momentos dramáticos são ótimos. Acredito que o foco do medo nessa produção seja mais por querer instigar um pensamento em quem assiste, que o faça querer questionar as pessoas ao seu redor ao invês de unicamente focar o medo na história e no futuro das personagens.
O interessante é ver o foco da obsessão e os meios utilizados por Joe para controlar e vigiar Beck. A vulnerabilidade do mundo digital, das redes sociais e como as aparencias podem ser forjadas e manipuladas - tanto dentro das redes sociais quanto na vida real - para se conseguir aquilo que deseja... Talvez esse seja um dos pontos mais interessantes na série, pois vemos o quão expostos podemos estar, ou o quão expostos estamos nos colocando.
No geral, a série, numa primeira impressão, parece mais destinada a ser um romance com momentos de tensão passageiros, que são muito esperados e sobre os quais se cria muita expectativa, mas que nem sempre conseguem supri-las. É uma série boa, mas não chega perto de ser tão marcante quanto o livro.
Como já dissemos, a série chegará a nós pela Netflix como um Original Netflix. A plataforma irá produzir a segunda temporada, ainda sem previsão de estreia.


  • Se você quiser ler a nossa resenha de "Você" livro que inspirou a série, basta clicar AQUI.

"YOU"

Desenvolvido por Greg Berlanti e Sera Gamble
Baseado em "Você", de Caroline Kepnes

Estrelando:
 Penn Badgley 
Elizabeth Lail 
Luca Padovan 
Zach Cherry 
Shay Mitchell

Temporadas: 1
Episódios: 10 


Você | Trailer 2 [HD] | Netflix

Nenhum comentário